A alta ocupação de leitos de maternidade pública em Santa Catarina tem gerado preocupação em grávidas que estão prestes a dar à luz os seus filhos. Uma mãe precisou percorrer 55 quilômetros e passou por quatro hospitais na Grande Florianópolis até conseguir uma vaga para ser internada.

Continua depois da publicidade

Receba notícias do NSC Total no WhatsApp

Na última consulta de pré-natal, em dezembro de 2022, na Unidade Básica de Saúde dos Ingleses, Marcela Rosangela dos Santos recebeu a recomendação de fazer o parto, segundo relato à NSC TV. Foi aí que a peregrinação começou: ela saiu da casa em que mora, nos Ingleses, até a Maternidade Carmela Dutra, no Centro de Florianópolis, onde não conseguiu vaga.

— Falaram que eu não poderia esperar mais tempo, que eu tinha que ganhar porque já estava no prazo, mas que não tinha leito. Então eu teria que voltar em um a dois dias — relata a mãe.

Preocupada com o trânsito em direção ao Norte da Ilha, ela decidiu se deslocar até o Hospital Universitário da UFSC para tentar atendimento, mas não conseguiu passar nem pela triagem.

Continua depois da publicidade

Em seguida foi ao Hospital Regional de São José. Passou pela triagem e exame de toque, mas não havia leito para ser internada.

— Voltar para casa sem chance, porque eu já sentia a barriga contraindo, então decidi ir até Biguaçu. Lá foi a gente para outro município tentar uma vaga. Fui e consegui fazer o parto lá […]. Eu fiz a escolha certa de não ter ido para casa — disse.

Depois que as tentativas para o parto normal não deram certo, Marcela acabou passando por uma cesária. A filha nasceu no dia 30 de dezembro de 2022.

Bebê “gigante” nasce com 5 kg no Oeste de SC

Em nota, a Secretaria de Estado da Saúde informou que a paciente foi examinada na Maternidade Carmela Dutra e no Hospital Regional de São José, não estava em trabalho de parto e a avaliação fetal estava normal. Por não se tratar de um caso de emergência, ela foi orientada a comparecer no dia seguinte para internação e início da indução do parto.

Continua depois da publicidade

Ainda segundo a Secretaria de Saúde, “em ambas unidades havia vaga para internação naquele dia”, e a rotatividade de leitos é grande.

Leia também

SC acumula R$ 5,4 milhões em multas a manifestantes radicais por bloqueios de BRs

Alimentos em SC têm alta de até 67% em 2022; veja lista dos mais caros

Desfiles de escolas de samba retornam à Praça XV em Florianópolis; veja programação

Destaques do NSC Total