nsc

publicidade

Reação

Arrancada na Série B 2016 inspira Avaí pela permanência no Brasileirão 2019  

Zagueiro Ricardo cita a campanha na Segundona já três anos como motivação ao Leão nesta temporada

10/09/2019 - 18h00

Compartilhe

Redação
Por Redação DC
Arrancada no returno da Série B 2016 vale o acesso ao Avaí
Arrancada no returno da Série B 2016 vale o acesso ao Avaí
(Foto: )

O Avaí está no Z4 do Brasileirão 2019 e ocupa a lanterna há 10 rodadas. A equipe busca motivação para conseguir reagir e ganhar força na luta pela permanência na elite do Campeonato Brasileiro. Uma inspiração para a equipe vem do próprio Avaí de três anos atrás. Em entrevista coletiva nesta terça-feira, o zagueiro Ricardo citou a campanha azurra na Série B 2016, em que o Leão beirou a zona de rebaixamento na segunda metade do turno e terminou a competição no segundo lugar - e de volta à elite do ano seguinte.

- Falei com o Betão. Em 2016 eles estavam na zona de rebaixamento quando ele chegou e conseguiram subir. Não podemos desistir. Todos que estão aqui acreditam que é possível e temos tudo para sair - falou o defensor, que atuou em nove partidas do Brasileirão 2019.

Naquela ocasião, o Avaí chegou a terminar três rodadas seguidas na 16ª posição e a partir do começo do returno teve uma arrancada para alcançar o acesso. Três anos depois e na Série A, o Leão precisa de outra grande sequência positiva.

Com 10 pontos em 18 jogos, necessita somar 35 nas 20 partidas que restam para alcançar os 45 pontos, tidos como suficiente para evitar degola. Ricardo está confiante que o Avaí consiga reagir e o clube escapar do rebaixamento.

- Acho que podemos. Temos que acreditar. Conversamos isso no vestiário. Depois da vitória que faltava (o 1 a 0 sobre o Fluminense na 17ª rodada), agora temos que correr atrás dos resultados.

O Avaí volta a campo neste domingo. Às 11h, fora de casa, vai enfrentar o Athletico pela 19ª rodada, a última rodada do turno do Brasileirão 2019. O jogo será na Arena da Baixada, em Curitiba.

Leia mais notícias e opiniões sobre o Avaí.

Deixe seu comentário:

publicidade