nsc
    dc

    Crise diplomática

    Artistas brasileiros pedem desculpas a Brigitte Macron por atitude de Bolsonaro

    Primeira-dama da França, alvo de comentário ofensivo endossado pelo presidente do Brasil, recebe manifestações de solidariedade

    27/08/2019 - 18h03

    Compartilhe

    Por Folhapress
    Brigitte e o marido, o presidente da França, Emmanuel Macron
    Brigitte é casada com o presidente da França, Emmanuel Macron
    (Foto: )

    Após grupos de mulheres darem força à hashtag #DesculpaBrigitte nesta segunda-feira (26), artistas e celebridades publicaram mais mensagens solidárias ao presidente francês Emmanuel Macron e à sua mulher, Brigitte Macron, pela atitude do presidente brasileiro Jair Bolsonaro (PSL) de endossar um comentário ofensivo à primeira-dama da França nas redes sociais.

    O ator Fábio Assunção usou o Twitter para se dizer orgulhoso dos brasileiros por criar a hashtag. "Vejo [com essa iniciativa] o país que quero ajudar a construir, que tenha respeito pelo outro acima de tudo. Estou considerando mais um lugar para construirmos uma rede de afeto", escreveu o ator.

    Com um vídeo falado em francês, o escritor Paulo Coelho também se pronunciou. "Desculpem-me, desculpem mil vezes. Esse é um vídeo um pouco triste, para pedir perdão a meus amigos franceses pela crise, diria, pela histeria de Bolsonaro em relação à França, ao presidente francês e à sua esposa", afirmou o escritor. "Enquanto a Amazônia arde, não possuem qualquer argumento e apenas insultam, negam, dizem qualquer coisa para evitar assumir sua responsabilidade", concluiu Coelho.

    Já a atriz Letícia Colin escolheu como pedido de desculpas escrever um texto que exalta as qualificações da primeira-dama francesa. Ela a citou como ex-professora de latim e literatura e como autora de diversos projetos, um deles que ajudou jovens adultos desempregados.

    "Ah, e por acaso, Brigitte é casada com Emmanuel Macron, presidente francês", escreveu Colin no fim do texto e concluiu com a mensagem: "Em nome da arte e da civilidade desse país, quero pedir #DesculpaBrigitte. Você é linda e, muito mais, você é essencial!"

    Na segunda-feira (26), a atriz e cantora Gretchen já tinha se manifestado sobre o tema e escreveu em francês, no Twitter: "Perdão, presidente Emmanuel Macron. Brigitte Macron é uma mulher maravilhosa e inspiradora como você. Eu a admiro e amo muito a sua história".

    A apresentadora Fátima Bernardes também publicou elogios à primeira-dama. A jornalista da Globo postou em seu Instagram a imagem da capa do livro "Brigitte Macron: L'Affranchie", escrito por Maëlle Brun. Na legenda, escreveu: "Que ela é inteligente, elegante, corajosa e vinte e cinco anos mais velha que o marido, o presidente da França Emmanuel Macron, eu já sabia. Mas nesse livro a autora se propõe a mostrar a mulher por trás das aparências. Acabei de começar a ler. Acho que vou gostar."

    Assim como Brigitte, Fátima é 25 anos mais velha que o seu namorado, o deputado federal Túlio Gadêlha (PDT).

    O que deu origem às manifestações de brasileiros

    No último sábado (24), o presidente Jair Bolsonaro endossou, em uma rede social, comentário ofensivo a primeira-dama da França, Brigitte Macron.

    Perfil de Bolsonaro respondeu à mensagem em alusão à primeira-dama francesa
    Perfil de Bolsonaro respondeu à mensagem em alusão à primeira-dama francesa
    (Foto: )

    Ao comentar uma publicação do mandatário brasileiro em sua página no Facebook, o seguidor Rodrigo Andreaça escreveu: "É inveja presidente do macron pode crê (sic)".

    A mensagem foi publicada junto a uma imagem, na qual se vê uma foto de Bolsonaro e de sua esposa, Michelle Bolsonaro, abaixo de um retrato de Macron e de sua mulher, Brigitte Macron.

    Ao lado das fotos dos casais, há os dizeres: "Entende agora por que Macron persegue Bolsonaro?".

    O perfil de Bolsonaro respondeu a Andreaça: "Não humilha, cara. Kkkkkkk", dando a entender que as recentes críticas de Macron ao presidente brasileiro seriam motivadas por inveja da esposa do brasileiro.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Política

    Colunistas