Os exercícios físicos são uma das melhores coisas que podemos fazer em prol da nossa saúde física e mental. Porém, muitos podem cometer o equívoco de medir o seu estado de saúde apenas pelo seu peso, que segundo uma reportagem do New York Times, não é o indicador mais preciso para avaliar o nível de saúde de uma pessoa. Por isso, conheça outras formas de medir o quanto está a sua “forma física” que podem ser consideradas uma verdadeira revolução.

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do Hora no Google Notícias

Clique e participe do canal do Hora no WhatsApp

Mesmo que você esteja frequentando a academia regularmente, o ganho de músculos pode aumentar, ou até mesmo manter o seu peso. Além disso, pesquisas citadas na reportagem sugere que o tamanho de um corpo não necessariamente corresponde à sua saúde.

Continua depois da publicidade

Confira 3 maneiras de avaliar a sua saúde, sem focar no seu peso

*Fotos: Banco de imagens

1 – Saúde cardíaca

Segundo médicos especialistas entrevistados pelo jornal americano, a nível fisiológico, nossa forma física pode ser descrita como “o quão bem o coração, pulmões e sistema cardiovascular fornecem e usam oxigênio”. Uma maneira de medir a saúde do coração é através da frequência cardíaca, que pode ser medida em diferentes modelos de smartwatches, ou simplesmente contando o número de batimentos que detecta por 15 segundos e multiplicando isso por quatro no seu pulso ou pescoço.

À medida que você fica mais em forma, sua frequência cardíaca tende a diminuir mesmo com a mesma intensidade de exercícios físicos, o que pode ser facilmente medido e é um bom indicador de progresso, conforme explicado por Christopher Lundstrom, da Universidade de Minnesota. Além disso, a variabilidade da frequência cardíaca, que mede as flutuações entre batimentos cardíacos, é considerada um sinal de boa saúde cardiovascular, indicando a capacidade do coração de se adaptar rapidamente às demandas do corpo.

Continua depois da publicidade

2 – Metas de exercício

A aptidão física também pode ser definida por “métricas de desempenho e maximização de força, poder e resistência”. Estabelecer – e alcançar – metas de treino é talvez a estratégia mais tangível para acompanhar o progresso de sua força e resistência.

Testes de aptidão física são uma maneira útil de fazer isso, pois fornecem a você um ponto de referência de desempenho inicial – com base em sua própria capacidade, não na de outra pessoa – ao qual você pode comparar os resultados futuros.

Quando você inicia um novo programa de treinamento, escolha um teste que reflita seus objetivos de aptidão física. Por exemplo, se você deseja aumentar a força abdominal, pode cronometrar quanto tempo consegue manter uma prancha. Se seu objetivo é melhorar a condição física geral, conte quantas flexões você pode realizar em um determinado período de tempo.

Continua depois da publicidade

3 – Atividades diárias

Quando se trata de atividades físicas para sua saúde e estilo de vida, as métricas mais importantes podem ser aquelas que você acompanha fora da academia, como ser capaz de carregar seu filho em crescimento ou subir três lances de escada sem se cansar.

Leia mais

Os 3 chás que realmente eliminam gordura, segundo médico de Harvard

Destaques do NSC Total