nsc
santa

Crime na rodovia

Assaltantes especializados em roubos a ônibus em SC são presos em operação da Polícia Civil

Organização criminosa era composta por pelo menos 10 homens que assaltavam os ônibus armados

12/04/2021 - 11h05

Compartilhe

Brenda
Por Brenda Bittencourt
Um dos assaltos aconteceu em outubro de 2020, às margens da BR-101, em Penha.
Um dos assaltos aconteceu em outubro de 2020, às margens da BR-101, em Penha.
(Foto: )

Assaltantes especializados em roubos a ônibus em Santa Catarina foram presos na manhã desta segunda-feira (12) em uma operação comandada pela Polícia Civil em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal (PRF). O objetivo da ação é encontrar os responsáveis por saques e furtos nas rodovias catarinenses.

> Receba todas as notícias do Vale do Itajaí no seu WhatsApp. Clique aqui.

Cinco homens foram presos na Operação Ônibus seguro. Além das prisões, a polícia também cumpriu cinco mandados de busca e apreensão nos endereços dos investigados em Itajaí e Navegantes, no Vale do Itajaí. Ao todo, segundo as investigações, 10 homens participavam da organização que era especializada em assaltar ônibus que levavam lojistas para fazer compras em outros estados.

De acordo com o delegado, Anselmo Cruz, os criminosos rendiam os motoristas, agrediam os passageiros e roubavam mercadorias e dinheiro. Ainda segundo o delegado, a investigação irá continuar até que todos os integrantes sejam encontrados.

As buscas pelos outros envolvidos nos crimes conta com o apoio da Delegacia de Roubos e Antissequestro (DRAS), da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC) e também Polícia Rodoviária Federal.

Relembre o crime

Em outubro de 2020 um ônibus às margens da BR-101, em Penha, no Vale do Itajaí, foi alvo de assaltantes armados que roubaram mercadorias, dinheiro e também agrediram passageiros. O assalto aconteceu no fim do dia 13, por volta das 17h.

O ônibus levava para São Paulo lojistas que iriam fazer compras para reabastecer os estabelecimentos. Cerca de 30 pessoas estavam no ônibus e tiveram os pertences roubados.

Na época, o caso mobilizou a Polícia Militar na região e o trabalho dos agentes se concentram no entorno da rodovia federal, no Litoral Norte do Estado, mas os homens não foram encontrados.

Colunistas