nsc
    santa

    VALE DO ITAJAÍ

    Assassino de policial e mulher são mortos em confronto com a PM em Camboriú

    Ambos teriam trocado tiros com agentes até serem baleados

    26/03/2021 - 13h55

    Compartilhe

    Por Daniel Nogueira
    PM afirma que casal reagiu à abordagem
    PM afirma que casal reagiu à abordagem
    (Foto: )

    Duas pessoas morreram após entrarem em confronto com a Polícia Militar de Camboriú na noite desta quinta-feira (25), segundo a corporação. Uma delas era o homem condenado pelo assassinato da policial Bárbara da Rocha, morta à queima roupa em 2016, no Paraná. Ele estava foragido. 

    > Receba todas as notícias de Camboriú e região no seu WhatsApp. Clique aqui.

    Foram as investigações em busca do criminoso de 29 anos que levaram os policiais ao possível paradeiro dele, um imóvel da Rua Coqueiros, no bairro Tabuleiro. Chegando ao local, conforme a PM, o homem tentou fugir e então a troca de tiros começou. 

    Os agentes foram surpreendidos por uma mulher, 25, que também entrou em confronto com os agentes. Os dois estavam armados com uma pistola CZ e um revólver calibre 38 e tinham passagens por roubos, sequestro e ele pelo homicídio da militar. 

    O homem foi atingido na região do peito, barriga, perna e cabeça A mulher foi ferida no tórax. Os dois receberam atendimento do Samu, mas já estavam sem vida quando a equipe chegou. O Instituto Geral de Perícias recolheu os corpos e apreendeu materiais para perícia. 

    *Estagiário sob supervisão de Bianca Bertoli

    Colunistas