nsc
dc

Mundo

Atirador de mercado em NY tem 18 anos; FBI investiga motivação racial

Até o momento, 10 mortes foram confirmadas por autoridades de Buffalo, segunda maior cidade de NY, onde ocorreu o massacre

14/05/2022 - 19h50

Compartilhe

Metrópoles
Por Metrópoles
atirador-mercado-buffalo
Área foi isolada pelas autoridades
(Foto: )

O Federal Bureau of Investigation (FBI) apura o massacre no supermercado de Buffalo, cidade do estado de Nova York, como crime racial. Autoridades locais deram entrevista coletiva à imprensa norte-americana, transmitida pela internet, na qual confirmaram 10 mortes após um homem entrar no estabelecimento fortemente armado e atirar contra as pessoas.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

O assassino, que tem 18 anos, escreveu manifesto no qual se descreve como um supremacista branco. Até a publicação desta reportagem, a identidade dele não havia sido divulgada. Ao todo, 13 pessoas foram atingidas com os disparos do jovem. Entre elas, 11 eram negras. A Swat, o FBI e a polícia local investigam o caso. A polícia de Buffalo disse que o FBI trata a situação como crime de ódio com motivação racial.

Joseph Gramaglia, comissário de polícia de Buffalo, afirmou que o homem estava fortemente armado. John Garcia, xerife do Condado de Erie County, completou:

– Foi um crime de ódio com motivação racial. Foi por pura maldade – disse.

Leia mais no Metrópoles, parceiro do NSC Total.

Leia também:

Britney Spears anuncia que perdeu bebê: “Profunda tristeza”

Diretor Breno Silveira morre após passar mal em set de filmagem

> X

Colunistas