nsc
an

Festival de Dança

Audição para Escola do Bolshoi em Joinville bate recorde de inscrições

Mais de 550 pessoas participam da seleção para bolsa em duas categorias de dança

28/07/2014 - 12h25 - Atualizada em: 29/07/2014 - 05h23

Compartilhe

Por Redação NSC
Gabriel contou com a ajuda da família para vir ao Festival de Joinville e participar do teste
Gabriel contou com a ajuda da família para vir ao Festival de Joinville e participar do teste
(Foto: )

Ao todo 559 bailarinos se inscreveram na primeira audição deste ano para bolsas de estudo da Escola do Teatro Bolshoi no Brasil, que ocorreu nesta segunda-feira, na sede da instituição em Joinville. O número superou o do ano passado, que foi de 444 inscritos, e atingiu o maior número de inscrições em audições do mês de julho, que ocorrem todos os anos, durante o Festival de Dança.

Durante as etapas da audição, que avaliam a técnica, a condição física e o perfil dos candidatos, a fisionomia dos bailarinos vai mudando. Tranquilos, apreensivos, tristes, eufóricos. O humor varia a medida que avançam nas etapas. David Gabriel, 13, não escondia a alegria ao saber que havia passado para o próximo exercício, na etapa técnica da audição. É a primeira vez que o menino de Belém, no Pará, participa da audição do Bolshoi.

O garoto que se encantou com o balé por causa do filme Billy Elliot - que conta a história de um menino obrigado pelo pai a treinar boxe mas, apaixonado pelo balé, resolveu fazer uma aula experimental de dança, gostou e resolveu seguir a arte.

- As bailarinas da minha escola participaram do Festival no ano passado, mas eu não tive condições financeiras de vir - contou ele.

Segundo o menino, neste ano a família ajudou e ele conseguiu participar. Gabriel compete na categoria de dança clássica.

Vindo de terras mais distantes que a de Gabriel, o francês que mora em Lisboa, Oderic da Luz, 14, também participa pela primeira vez da audição do Bolshoi. Bailarino desde os seis anos de idade, o menino já participou de algumas audições em diferentes lugares do mundo, como Londres, Paris, Lisboa e agora no Brasil.

Antes de vir ao País, estava pensando em desistir da dança por causa da falta de incentivo. Mas os pais e o professor particular de Oderic fizeram com que ele não desistisse.

- Em Lisboa, tenho um professor russo que conhece o Bolshoi - conta. Foi esse professor que o incentivou a participar da audição.

Passava das 10 horas quando Oderic entrou na sala para fazer o primeiro teste, na barra fixa. Minutos depois, saiu e seu nome não foi selecionado para as próximas etapas.

- Não tem problema. Mesmo quando não é aceito na audição, sabemos que é importante tentar. É o melhor meio de saberem se é isso que querem - afirma Paulo da Luz, pai de Oderic, que o acompanha no teste.

À tarde, o francês irá participar da audição para dança contemporânea.

Bolshoi já realizou 103 audições

Em 14 anos, a Escola do Teatro Bolshoi no Brasil já realizou 103 audições. Neste ano, a seleção de bailarinos será para dois cursos, o de dança clássica e o de dança contemporânea. A audição de julho, que acontece ao mesmo tempo que o Festival de Dança, é voltada aos bailarinos entre 12 e 17 anos, que já tenham conhecimento em dança. Em outubro, ocorre nova audição para os bailarinos sem experiência.

Segundo Sylvana Albuquerque, que coordena a audição, não há um número fixo de bolsas.

- O número de vagas vai de acordo com o que os candidatos apresentarem - afirma.

O processo é dividido em três etapas eliminatórias. Na primeira, é avaliada a técnica dos candidatos, o equilíbrio, musicalidade e elasticidade. Aprovados nessa etapa, os candidatos passam para avaliação fisioterápica, para avaliação muscular, de articulações e de postura.

- A gente tem que avaliar se as articulações do bailarino são aptas para este tipo de dança - explica Fabiana Machado, fisioterapeuta coordenadora do núcleo de saúde do Bolshoi.

- Às vezes as pessoas ficam chateadas se não passam, o que não quer dizer que elas não tenham saúde, mas que provavelmente nesta técnica de dança elas teriam lesões.

A última etapa da audição é uma entrevista para conhecer o perfil do bailarino.

- O que a gente percebe no decorrer dos anos é que a qualidade dos candidatos que procuram a escola tem aumentado. Eles têm se preparado mais - afirma Sylvana.

O resultado das audições será divulgado nesta terça-feira, 29 de julho, no site do Bolshoi (www.escolabolshoi.com.br) e em edital na Feira da Sapatilha.

Colunistas