nsc
    dc

    Crise política

    Áudios divulgados pela PF sugerem que Lula e filhos controlavam acesso ao sítio de Atibaia

    Em uma das gravações, Kalil Bittar, irmão do proprietário Fernando Bittar, pede ao filho de Lula autorização para usar a propriedade

    17/03/2016 - 18h17 - Atualizada em: 10/12/2019 - 10h41

    Compartilhe

    Por Redação NSC
    Lula
    (Foto: )

    Novas gravações de telefonemas de Lula e seus familiares, tornadas públicas no fim da tarde desta quinta-feira pela Polícia Federal, sugerem que o ex-presidente e seus filhos tinham as chaves e controlavam o acesso ao sítio de Atibaia. A PF investiga se Lula ocultou patrimônio ao não declarar a propriedade como sua.

    Leia mais

    "Que palhaçada é essa que o MP me denunciou?", pergunta Lula em grampo

    Manifestantes voltam a se reunir em frente ao Congresso Nacional

    PGR e AGU têm cinco dias para se manifestar ao STF sobre nomeação de Lula

    A primeira gravação mostra uma conversa do ex-presidente com um funcionário, em que cobra a localização das chaves do sítio. O funcionário informa que elas estão com Marcos, que para a PF é Marcos Cláudio Lula da Silva, filho de Lula. O ex-presidente diz que é preciso providenciar as chaves porque ele gostaria de ir ao sítio na manhã seguinte. Os investigadores ressaltam que, apesar de os supostos donos do lugar serem Fernando Bittar e Jonas Suassuna, as chaves ficam em poder de Lula e dos filhos.

    Grampo: Lula e Azevedo

    Grampo: Kalil e Fábio/Fábio e Maradora

    Grampo: Kalil e Renata

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas