nsc
dc

Benefício

Auxílio emergencial 2021: confira o calendário de pagamentos da segunda parcela

Saque está liberado e segue a ordem da data de nascimento dos beneficiários

18/05/2021 - 14h53 - Atualizada em: 01/06/2021 - 10h50

Compartilhe

Maria Eduarda
Por Maria Eduarda Dalponte
Segunda parcela do auxílio de 2021 começa a ser paga pega Caixa
Segunda parcela do auxílio de 2021 começa a ser paga pega Caixa
(Foto: )

A liberação do saque da segunda parcela do auxílio emergencial 2021 começou no dia 31 de maio. O pagamento segue o mês de nascimento do beneficiário, começando por aqueles nascidos em janeiro. O calendário contempla duas fases de crédito da quantia: os trabalhadores já receberam o valor na conta digital e, agora, recebem a liberação para saques e transferências. Esse segundo ciclo do auxílio 2021 termina no dia 17 de junho. 

> Receba notícias de Santa Catarina por WhatsApp​ A partir da data de recebimento do valor na conta digital, é possível fazer a movimentação pelo aplicativo Caixa Tem para pagamentos de boletos, compras na internet e pelas maquininhas em mais de um milhão de estabelecimentos comerciais. O beneficiário também pode pagar contas de água, luz, telefone, gás e boletos em geral pelo próprio aplicativo ou nas casas lotéricas pela opção “Pagar na Lotérica”.

Confira as datas para saque

Calendário de saque da 2ª parcela do auxílio emergencial 2021
Calendário de saque da 2ª parcela do auxílio emergencial 2021
(Foto: )

Confira as datas em que o valor foi depositado nas contas digitais

Calendário da 2ª parcela do auxílio emergencial 2021
Calendário da 2ª parcela do auxílio emergencial 2021
(Foto: )

A cada novo ciclo de pagamento o governo faz um pente fino nos cadastros para verificar se o beneficiário cumpre os critérios para receber o auxílio. Dessa vez, mais de 206 mil pessoas foram aprovadas e começam a receber o benefício. A consulta da situação do seu auxílio pode ser feita ainda pelos canais da Caixa: pelo site auxilio.caixa.gov.br ou telefone 111. 

> Cadastro Único: o que é, para que serve e como se cadastrar

Valores

Serão pagas aos trabalhadores quatro parcelas com valor médio do benefício de R$ 250 – que vai variar de R$ 150 a R$ 375 conforme o perfil do beneficiário e a composição de cada família.

Famílias vão receber R$ 250;Uma família monoparental, dirigida por uma mulher, vai receber R$ 375;Pessoas que moram sozinhas vão receber R$ 150.

Leia também

SC tem 14 concursos abertos; salários chegam a R$ 15 mil

Covid hoje: mapas mostram os dados de mortes e vacina em SC

Síndrome pós-Covid-19: veja os sintomas persistentes da doença

Colunistas