nsc
dc

Catarinense 2019

Avaí bate o Tubarão e garante a liderança do Catarinense

Gols da vitória avaiana foram marcados por Getúlio e João Paulo

30/03/2019 - 18h57 - Atualizada em: 30/03/2019 - 19h49

Compartilhe

Redação
Por Redação DC
Avaí e Tubarão
Partida teve início equilibrado, mas Avaí fez valer a superioridade
(Foto: )

A disputa do líder contra o lanterna não teve goleada, mas deu a lógica: o Avaí confirmou o favoritismo e bateu o Tubarão por 2 a 0 na noite deste sábado, na Ressacada, garantindo a permanência na liderança do Catarinense. Os gols do Leão foram marcados por Getúlio, aos 42 minutos do primeiro tempo, e João Paulo, aos 38 da segunda etapa.

Com a terceira vitória seguida, o Avaí abre vantagem provisória de três pontos sobre o rival e vice-líder Figueirense, que pode descontar a diferença em jogo contra o Hercílio Luz neste domingo.

O gol que abriu o caminho da vitória avaiana saiu quando o duelo ainda era equilibrado, com forte retranca da equipe de Tubarão, e pouca inspiração na criação de jogadas dos dois lados. Após receber lançamento de Mosquera, Iury ajeitou de cabeça e Getúlio tocou para o fundo da rede, no finalzinho do primeiro tempo.

Antes, aos 19, um lance inusitado quase resultou em um gol de graça para o Leão da Ilha: o atacante Edu, do Tubarão, afastou uma bola cruzando para a própria área. A sobra ficou com Daniel Amorim, mas o chute saiu travado e a bola bateu no travessão.

No segundo tempo, o Avai continuou melhor e teve chances de ampliar em arremates de Daniel Amorim, aos 9 minutos, e de João Paulo, aos 14, mas faltou pontaria nas finalizações. Aos 24, Daniel Amorim apareceu de novo para concluir um cruzamento na pequena área, mas novamente a conclusão saiu sem direção.

O ataque avaiano voltou a brilhar na reta final da partida, quando a defesa do Tubarão se atrapalhou numa saída de bola e Luan Pereira aproveitou para servir João Paulo, que tocou na saída do goleiro Belliato, aos 38 minutos. Instantes depois, o Leão da Ilha ainda teve a chance de marcar o terceiro numa jogada individual de Brizuela, que fez fila, invadiu a área e tirou o goleiro Belliato da jogada, mas o gol foi impedido por Oliveira em cima da linha.

O Avaí volta a campo na próxima quarta-feira, contra o Brusque, no Augusto Bauer.

AVAÍ 2 X 0 TUBARÃO

AVAÍ

Glédson; Iury, Kunde, Betão, Lourenço; Mosquera, Pedro Catro, André Moritz (Luan Pereira); João Paulo, Daniel Amorim e Getúlio (Brizuela)

Técnico: Geninho

TUBARÃO

Belliato; Oliveira, Denilson (William Mineiro), Edimar, Parrudo; Daniel Pereira, Felipe Guedes (Léo Tilica), Guilherme Amorim, Leilson; Roberto e Edu (Fio)

Técnico: Luizinho Vieira

GOLS: Getúlio, aos 42min do 1º tempo, e João Paulo, aos 38min do 2º tempo (Avaí)

Cartões amarelos: Parrudo e Leilson (Tubarão); Lourenço e Kunde (Avaí)

Local: Estádio da Ressacada

Arbitragem: Luiz Augusto Silveira Tisne, auxiliado por Alexandre de Medeiros Lodetti e Maicon Lemos Alves.

Público: 5.134 torcedores

Renda: R$ 79.245,00

Colunistas