nsc
    dc

    Prevenção na folia

    Avaí começa depois do título combate à "maldição do turno" com vacina antidesmobilização

    Nos últimos 10 campeonatos, oito vencedores da primeira fase não conseguiram levar o título do Campeonato Catarinense

    27/02/2017 - 07h01

    Compartilhe

    Por Redação NSC
    Festa nos gols e depois do jogo, agora Avaí concentra na Copa do Brasil e tenta se remobilizar para o Estadual
    Festa nos gols e depois do jogo, agora Avaí concentra na Copa do Brasil e tenta se remobilizar para o Estadual
    (Foto: )

    Não basta pular o Carnaval com fantasia de Série A, é preciso deixar Santa Catarina vestida com adereços na cor azul. Assim a folia do Leão foi coroada no sábado de festa do time invicto, com seis vitórias e dois empates no turno, conquistado com antecedência a partir do 3 a 0 aplicado no Barroso, em Itajaí.

    O Avaí é o dono da Taça Club Atlético Nacional, está na final do Campeonato Catarinense e mostrou na primeira fase do Estadual que nenhum adversário está a sua altura na largada da temporada.

    Mas a comissão técnica e os jogadores, por incrível que pareça, não estão totalmente satisfeitos. O discurso pós-jogo foi de manutenção do foco para tentar conquistar o returno e ser campeão de forma antecipada. Uma espécie de vacina antidesmobilização.

    E a preocupação tem sentido: nos últimos 10 campeonatos, desde 2007, o campeão da primeira fase só ratificou a boa largada com o título em duas oportunidades. Em todas as outras oito não terminou o torneio como campeão (veja levantamento abaixo).

    A estatística deve ser de conhecimento do técnico avaiano, Claudinei Oliveira, a partir de sua imediata preocupação após a conquista antecipada. Mal comemorou o feito, já dizia aos microfones:

    - A meta é conquistar o returno para evitar uma final. Tanto que vou poupar o máximo de jogadores para o duelo com o Inter de Lages, nós viemos de um início de ano desgastante, temos Copa do Brasil pela frente e quero todos recuperados para começar o returno focados e competitivos.

    Perguntado se não havia tempo para comemorar, avisou:

    - Estamos felizes sim, mas precisamos reverter o histórico de desmobilização que acontece em SC com quem conquista o turno.

    CONFIRA A MALDIÇÃO DOS ÚLTIMOS 10 Anos

    Times que venceram turno do Campeonato Catarinense e não foram campeões

    2007: Criciúma vencer turno (Chapecoense foi campeã)

    2009: Criciúma venceu turno (Avaí foi campeão)

    2010: JEC venceu turno (Avaí foi campeão)

    2011: Figueirense venceu turno (Chapecoense foi campeã)

    2012: Figueirense venceu turno (Avaí foi campeão)

    2013: Chapecoense venceu turno (Criciúma foi campeão)

    2014: Metropolitano venceu turno (Figueirense foi campeão)

    2015: Chapecoense venceu turno (Figueirense foi campeão)

    Exceções à regra

    2008: Figueirense venceu turno e levou o título

    2010: Chapecoense venceu turno e levou o título

    Leia mais:

    Veja como foi o jogo com Barroso que valeu o título antecipado

    Confira a tabela de classificação do Catarinense

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas