nsc
dc

Futebol 

Avaí dá adeus à Série A do Brasileirão com empate sem gols na Ressacada 

Equipe azurra ficou na igualdade contra o Athletico-PR e terminou na lanterna da competição, com 20 pontos 

08/12/2019 - 18h12 - Atualizada em: 08/12/2019 - 18h37

Compartilhe

Redação
Por Redação DC
Empate com Athletico-PR marcou despedida da Série A. Em 2020, Leão voltará à Série B
Empate com Athletico-PR marcou despedida da Série A. Em 2020, Leão voltará à Série B
(Foto: )

Avaí e Athletico-PR se enfrentaram neste domingo pela última rodada do Campeonato Brasileiro. Na despedida da equipe azurra da Série A, o time que estava há 17 jogos sem vencer não conseguiu refazer as pazes com a vitória e empatou por 0 a 0 com o Furacão paranaense, que chegou a 14 jogos sem perder na competição.

Os 2,4 mil torcedores que foram à Ressacada acompanhar a despedida do Avaí da Série A, o segundo menor público do time na competição, viram uma partida de muita movimentação, mas muitos erros de passe e poucas chances de gol.

Pelo lado do Avaí, o goleiro Lucas Frigeri se destacou ao evitar oportunidades criadas pelos visitantes e foi uma das poucas boas notícias do dia para a torcida avaiana. Em uma das poucas chances da primeira etapa, Vitinho apareceu livre em contra-ataque pela direita e bateu cruzado, mas a bola foi para fora. Aos 43, Tomás Andrade bateu de fora da área, mas Frigeri espalmou.

Na segunda etapa, o jogo continuou com poucas oportunidades de gol. Em uma das chances pelo lado do Avaí, Luan Pereira bateu da pequena área, mas o goleiro do Athletico-PR fez a defesa. Aos 40, o Athletico-PR respondeu novamente com Vitinho, que voltou a assustar batendo de muito longe, mas outra vez Frigeri manteve o placar no zero.

— Infelizmente não conseguimos o objetivo. A gente fica triste com o sentimento do torcedor, de não ter conseguido ganhar esse último jogo. Acho que o Avaí vai pensar em reestruturação, fazer um time forte para a Série B, ser campeão e subir novamente para a Série A — afirmou na saída do gramado o atacante avaiano Vinícius Araújo.

Avaí volta a campo em janeiro para Recopa e Catarinense 2020

O Avaí, que já tinha o rebaixamento confirmado desde a 33ª rodada, terminou a Série A na lanterna da competição, com 20 pontos. Foram apenas três vitórias em 38 jogos, com 11 empates e 24 derrotas, um aproveitamento de apenas 17% dos pontos.

passa a pensar agora na montagem do elenco para a próxima temporada. Os principais compromissos do calendário serão a Série B do Campeonato Brasileiro, a partir de abril, e o Campeonato Catarinense, com início em janeiro.

A estreia do Avaí no Estadual está marcada para 22 de janeiro, contra a Chapecoense, na Arena Condá. Antes disso, no dia 18 de janeiro, o Avaí enfrenta o Brusque pela Recopa Catarinense - competição entre o vencedor do Catarinense e o vencedor da Copa Santa Catarina.

Já o Athletico-PR terá pela frente um calendário de 2020 com participação direta na fase de grupos da Copa Libertadores, conquistada com o título da Copa do Brasil deste ano.

Ficha técnica

Avaí

Lucas Frigeri; Léo, Marquinhos Silva, Zé Marcos e Ramon Pereira; Pedro Castro (Marcinho), Richard Franco, Wesley (Gabriel Lima); Luan Pereira; João Paulo (Vinícius Araújo) e Jonathan.

Técnico: Evando Camillato

Athletico-PR

Leo; Khellven, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner Vinícius (Abner Felipe); Camacho, Erick e Tomás Andrade (Bruno Nazário); Vitinho, Braian Romero e Pedrinho (Matheus Rossetto)

Técnico: Eduardo Barros

Arbitragem: Dyorgines José Padovani de Andrade, auxiliado por Fabiano da Silva Ramires e Katiuscia M Berger Mendonça

Cartões: Marquinhos Silva e Marcinho (AV), Vitinho (AT)

Local: Estádio da Ressacada, em Florianópolis

Acesse as últimas notícias do NSC Total

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Esportes

Colunistas