nsc

publicidade

Série A

Avaí perde para o Internacional com expulsão aos 3 minutos 

Depois de consulta ao VAR, Wesley recebeu cartão vermelho no início da partida na Ressacada, pelo Brasileirão 

17/10/2019 - 21h11 - Atualizada em: 17/10/2019 - 22h31

Compartilhe

Redação
Por Redação DC
Avaí perde para o Internacional por 2 a 0 pelo Brasileirão
Avaí perde para o Internacional por 2 a 0 pelo Brasileirão
(Foto: )

O Avaí perdeu para o Internacional por 1 a 0 pela 26ª rodada do Brasileirão, na noite desta quinta-feira. Na Ressacada, com 6.377 torcedores, o Leão jogou com um a menos praticamente toda a partida. Aos 3 minutos, o volante Wesley foi expulso por uma falta anotada depois de consulta ao VAR. O time azurra continua na vice-lanterna e com 17 pontos, chegou a seis rodadas seguidas sem vitória. O Inter voltou ao G6 com o triunfo.

Na 27ª rodada do Brasileirão, o Avaí vai jogar como visitante. O Leão enfrenta o São Paulo às 16h de domingo, no Morumbi. No mesmo dia e horário, o Internacional vai receber o Vasco no Beira-Rio.

O jogo

Com apenas três minutos de partida, o Avaí passou a jogar com um a menos. Após consulta ao VAR, o árbitro Thiago Duarte Peixoto puniu com o cartão vermelho o volante Wesley por falta em Bruno Silva, em que acertou as travas da chuteira na canela do adversário. Minutos depois, o Internacional começou a produzir, tomar conta do campo de ataque e colecionar finalizações.

Para se ter uma noção, com pouco mais de 20 minutos Vladimir havia feito pelo cinco defesas difíceis e o Inter tinha colocado uma bola na trave. O gol de abertura do placar, exemplifica o que era a partida até ali. Batido escanteio, o zagueiro Roberto cabeceou para o goleiro do Avaí espalmar e Patrick, no rebote, dentro da área, encontrar a rede.

A vantagem fez os colorados diminuírem o ritmo. Assim o Leão passou a correr atrás do empate. E teve chance. Minutos depois, após falta lateral erguida na área e rebatida pela zaga, a bola sobrou para Matheus Barbosa encher o pé e Marcelo Lomba espalmar. No lance seguinte, o escanteio curto teve desvio de Richard Franco que por pouco Vinícius Araújo conseguiu emendar na rede. Foi por pouco.

Avaí tem jogador expulsão aos 3 minutos; Wesley (esq) recebe cartão vermelho
Avaí tem jogador expulsão aos 3 minutos; Wesley (esq) recebe cartão vermelho
(Foto: )

Os dois sustos obrigaram o Internacional sair de trás e mesmo com um jogador a menos o Avaí conseguiu equilibrar a partida. A bola rodava de intermediária à outra. Antes do término da primeira etapa, Vladimir fez outra defesa importante. Um chute certeiro e cruzado de Nico López que o goleiro evitou que terminasse na rede, já nos acréscimos. A necessidade de pontuar fez o Leão mudar na volta do intervalo. Matheus Lucas apareceu no ataque na vaga de Igor Goularte, figura que pouco apareceu.

O Avaí melhorou bastante no segundo tempo, conseguiu marcar presença no campo de ataque. Aos 11, o Leão assustou com Matheus Barbosa. Batido escanteio, houve desvio no caminho para o volante completar de cabeça. Passou muito perto. Três minutos depois, novamente na bola parada, o time da casa exigiu do goleiro adversário. Depois de batida fechada, Richard Franco desviou e Marcelo Lomba espalmou.

A esta altura o Avaí contava com Luan Pereira, que entrou no lugar de Caio Paulista, que fez o time mais produtivo. Mas não durou muito. O Internacional tomou a posse de bola e voltou a pressionar o Leão. Vladimir era exigido e aumentou a opção de imagens de grandes defesas para seu DVD. Justamente por isso Evando fez a última troca, com Mosquera por novo fôlego no miolo azurra.

Satisfeito, o Internacional cadenciava o jogo a partir da participação de D’Alessandro, que entrou no segundo tempo. O ritmo caiu dos 30 minutos do segundo tempo em diante e o Avaí ficou ainda mais limitado à bola parada. Como aconteceu aos 35, quando Ricardo obrigou Lomba a fazer grande defesa. No entanto, instantes depois, Sarrafiore que havia acabado de entrar na partida, aproveitou a falha na marcação para encobrir Vladimir na saída de gol.

Avaí 0 x 2 Internacional

AVAÍ

Vladimir; Lourenço, Ricardo, Betão e Paulinho; Wesley, Matheus Barbosa (Jonny Mosquera) e Richard Franco; Caio Paulista (Luan Pereira), Vinícius Araújo e Igor Goularte (Matheus Lucas). Técnico: Evando Camillato.

INTERNACIONAL

Marcelo Lomba; Heitor, Bruno Fuchs, Roberto e Zeca (D'Alessandro); Bruno Silva, Edenílson, Patrick e Nico López (Sarrafiore); Guilherme Parede (Uendel) e Paolo Guerrero. Técnico: Ricardo Colbachini (interino).

GOLS: Patrick, aos 21 do primeiro tempo, e Sarrafiore, aos 39 do segundo tempo (I).

CARTÕES AMARELOS: Richard Franco (A). Bruno Fuchs, Roberto e Zeca (I).

EXPULSÃO: Wesley (A)

ARBITRAGEM: Thiago Duarte Peixoto, auxiliado por Marcelo Carvalho Van Gasse e Luiz Alberto Andrini Nogueira, com Raphael Claus no VAR (quadro de SP).

BORDERÔ: 6.377 torcedores para renda de R$ 213.147.

LOCAL: Ressacada.

Leia mais notícias e opiniões sobre o Avaí no NSC Total.

Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

Deixe seu comentário:

publicidade