nsc
an

Queda

Avião de pequeno porte cai em Schroeder, no Norte de SC

Queda ocorreu na localidade de Bracinho. O piloto não se feriu e o tripulante sofreu um corte profundo na cabeça e está internado em hospital de Jaraguá do Sul

31/05/2014 - 11h19 - Atualizada em: 01/06/2014 - 12h50

Compartilhe

Por Redação NSC
Dentro da aeronave estavam o piloto e um acompanhante
Dentro da aeronave estavam o piloto e um acompanhante
(Foto: )

Ainda não se sabem as causas que levaram à queda de um avião de pequeno de porte dentro de uma chácara na localidade de Bracinho, em Schroeder, na tarde deste sábado. Dentro da aeronave estavam o piloto e um acompanhante.

O piloto de 34 anos, que seria também empresário na região, sofreu apenas escoreações e foi liberado ainda no local pelos bombeiros, já o tripulante, que seria um agricultor de 37 anos, teve um corte profundo na cabeça e foi internado no Hospital São José, de Jaraguá do Sul.

Segundo informações de algumas pessoas que estavam no local (e que não quiseram se identificar), o piloto teria decolado por volta das 14h30. Minutos depois, uma das asas pendeu para um dos lados, e o piloto tentou arremeter (procedimento em que o piloto da aeronave, durante o pouso, decide voltar a subir, como se estivesse decolando novamente), ele acabou perdendo o controle do avião e bateu em um dos galpões do sítio de onde havia decolado. A batida assustou moradores de pelo menos 300 metros do local, já que o barulho parecia com o da batida de um carro.

Logo em seguida, os bombeiros e a Polícia Militar foram chamados e o local foi isolado. A chácara permaneceu fechada durante toda a tarde deste sábado e ninguém de fora pode ter acesso. Enquanto isso, o avião foi removido por pessoas que estavam no local para um galpão fechado. O modelo e ano de fabricação do avião não foram informados, assim como a Polícia Militar ainda não sabe se o piloto estava com a licença em dia para voar.

Segundo a mãe do agricultor, que era um dos tripulantes da aeronave, seria a primeira vez que o filho iria voar. Ele prestava serviço para o dono da chácara, onde existe a pista de pouso e decolagem em Schroeder e foi convidado para voar pelo piloto. Ela soube do acidente por meio da nora que estava com o marido no hospital.

Nem os bombeiros ou a PM souberam informar se o Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa) de Porto Alegre foi comunicado sobre o acidente.

Em novembro do passado, um avião caiu na localidade de Ribeirão do Salto, interior de Guaramirim. Dentro da aeronove estavam o piloto e mais dois tripulantes que não se feriram, graças a um dispositivo de segurança do avião que aciona um paraquedas quando a arenove está com risco e suaviza a queda. O avião caiu sobre coqueiros a 20 metros da casa de uma família de agricultores.

Colunistas