nsc
dc

Nova lei

Banco de Ração é criado em Chapecó para estimular doações a animais

Produto será organizado e distribuído pela prefeitura

17/05/2022 - 12h10

Compartilhe

Camilla
Por Camilla Martins
Banco de Ração é criado em Chapecó para estimular doações
Ração será organizada e distribuída pela prefeitura
(Foto: )

Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, instituiu nesta terça-feira (17) o Programa Banco de Ração com o objetivo de estimular doações aos animais na cidade. A distribuição do produto vai ser feita pelo Núcleo de Atenção aos Pequenos Animais (NAPA) ou por entidades e protetores de animais cadastrados pelo NAPA. Segundo a prefeitura, a ração será entregue a organizações sociais ou famílias em situação de vulnerabilidade. 

Receba notícias do DC via Telegram

A prefeitura ficará responsável pela organização e estruturação do Banco de Rações e estabelecimentos comerciais e industriais, órgãos públicos e pessoas físicas poderão fazer a doação. Apreensões feitas pela administração municipal, estadual ou federal também poderão ser doadas. 

> O que se sabe sobre caso de criança que relatou abuso em bilhete em SC

De acordo com a prefeitura de Chapecó, a ração arrecadada não pode ser vendida, sob pena de multa de cerca de R$ 40 para cada quilo comercializado de forma indevida. 

Além da lei relacionada ao Banco de Ração, o município divulgou que também adotará o selo “Empresa Amiga dos Animais” e dará uma placa ou adesivo para pessoas jurídicas que contribuem para a qualidade de vida dos animais.  

Leia também 

Motociclistas são as maiores vítimas de acidentes na Capital

Neve em Santa Catarina é registrada em Urupema na manhã desta terça-feira

Colunistas