nsc
dc

África

Banco Mundial destinará US$ 200 milhões para combater ebola

Guiné poderá perder um ponto de seu PIB por conta da epidemia

04/08/2014 - 17h04 - Atualizada em: 04/08/2014 - 17h13

Compartilhe

Por Redação NSC
Equipes de saúde tentam controlar epidemia na Libéria, um dos principais focos da doença
Equipes de saúde tentam controlar epidemia na Libéria, um dos principais focos da doença
(Foto: )

O Banco Mundial mobilizou 200 milhões de dólares em caráter de urgência para ajudar Guiné, Libéria e Serra Leoa a conter a epidemia de ebola, indicou nesta segunda-feira um comunicado público enviado de Washington.

O presidente do Banco Mundial, Jim Yong Kim, especialista em doenças infecciosas, expressou sua preocupação:

- Muitas vidas estão em risco se não conseguirmos deter a epidemia de Ebola em sua trajetória.

Médico contrai ebola na Nigéria e mortos na África passam de 800

Melhora estado de saúde de médico com ebola enviado aos EUA

A Organização Mundial da Saúde (OMS) revisou para 887 o número de mortos pelo ebola, depois do registro de 61 novos falecimentos.

O Banco Mundial também fez o anúncio de que 35 líderes africanos estão em Washington para participar de uma cúpula entre países da África e os Estados Unidos.

ZH explica: o que é o vírus ebola

Leia todas as notícias sobre o vírus ebola

Uma estimativa inicial do Banco Mundial e do Fundo Monetário Internacional calculou que, por conta da epidemia, a Guiné perderá um ponto percentual de seu Produto Interno Bruto, que cairá de 4,5% para 3,5%.

* AFP

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Cotidiano

Colunistas