nsc
santa

Afogamento

Banhistas encontram corpo de jovem arrastado por corrente de retorno em Navegantes

Equipes de buscas trabalhavam desde terça-feira (28) para tentar encontrar o rapaz de 18 anos

30/12/2021 - 06h53

Compartilhe

Talita
Por Talita Catie
Corpo apareceu não muito longe de onde havia desaparecido
Corpo apareceu não muito longe de onde havia desaparecido
(Foto: )

Banhistas avistaram no mar o corpo do jovem que desapareceu na praia de Gravatá, em Navegantes, após ser arrastado por uma corrente de retorno. O Corpo de Bombeiros recém tinha encerrado as buscas com embarcações quando populares avisaram por volta das 21h desta quarta-feira (29) que havia um homem morto na água.

Segundo os socorristas, a família confirmou a identidade da vítima.

> Receba notícias do Vale por WhatsApp. Clique aqui e entre no grupo do Santa

Trata-se de um rapaz de 18 anos, natural de Curitiba. Testemunhas contaram que o jovem estava no mar com outra garota da mesma idade quando começaram a ser arrastados por uma corrente de retorno. Um banhista percebeu o que estava acontecendo e conseguiu resgatar a jovem, mas o rapaz desapareceu na água. 

Isso ocorreu na terça-feira (28), por volta das 16h. No dia, bombeiros fizeram buscas e contaram com o apoio de uma aeronave para sobrevoar a praia, mas não o encontraram.

Na manhã desta quarta o trabalho recomeçou com o uso de jet ski, barco e helicópteros, mas novamente sem sucesso. Quando as equipes já tinham sido desmobilizadas, os banhistas avistaram o corpo na água entre os postos de salva-vidas 7 e 8, não muito longe de onde o rapaz foi arrastado pela força do mar.

> SC tem 5 mortes por afogamento na primeira semana da temporada

Dicas para prevenir afogamentos

- Crianças e idosos merecem atenção permanente quando estão se banhando em piscinas, rios, praias ou lagos, pois são mais vulneráveis aos perigos;

- Adultos têm maior estatística de afogamento e os motivos comuns de afogamento são: consumo de bebidas alcoólicas, excesso de confiança, desconhecimento sobre os perigos e falta de prática de natação;

- Não é recomendado nadar após ingerir bebida alcoólica;

- Verifique a profundidade da piscina em que você e sua família frequentam;

- Nas praias, todos os dias, os guarda-vidas verificam as condições do mar e sinalizam os riscos por meio das bandeiras vermelhas. Os principais riscos são as correntes de retorno. Procure nadar nos locais que têm guarda-vidas, afastado das bandeiras vermelhas;

- Se você presenciar um afogamento, acione o socorro e arremesse um objeto flutuante para a vítima. Não tente fazer o resgate sem treinamento, pois você poderá ser mais uma vítima;

- Água no umbigo é sinal de perigo;

- Não ande sobre pedras ou costões que possam trazer riscos;

- Em caso de emergências, ligue 193.

Veja o resgate de homem arrastado pelo mar na Guarda do Embaú

Leia também

Ladrão leva cadeirada de funcionário em sorveteria de SC durante assalto; vídeo

Com faixa de areia alargada, Balneário Camboriú tem disputa por espaço na água

Mais uma ponte em Brusque corre risco de desabar, aponta laudo técnico

Colunistas