nsc
    santa

    DIVERSÃO

    Blumenau a bordo leva diversão ao Rio Itajaí-Açu

    Segunda edição de festival que difundiu lazer e esportes náuticos levou bom público a Prainha

    26/03/2017 - 15h55 - Atualizada em: 26/03/2017 - 16h05

    Compartilhe

    Por Redação NSC
    Segunda edição do festival náutico Blumenau a Bordo reúne público na Prainha
    Segunda edição do festival náutico Blumenau a Bordo reúne público na Prainha
    (Foto: )

    - É uma praia, mãe? - pergunta uma menina de não mais de cinco anos, entre muitas amiguinhas de sua faixa etária no gramado da Prainha, às margens do Rio Itajaí-Açu. Não é, mas é quase, poderiam ter respondido os pais. Ontem, a segunda edição do festival náutico Blumenau a Bordo levou à charmosa curva do rio onde atracou para sempre o Vapor Blumenau mais semelhanças com o Litoral do que apenas o nome no diminutivo.

    Pés descalços na estreita margem de areia, toalhas no chão, sombras de árvore, coletes salva-vidas, pranchas e caiaques a montante e a jusante, cadeiras de alumínio com encosto colorido, muita coisa em volta dava motivos para ficar com a pureza da pergunta da criança.

    E estava bonita a Prainha. Como estava bonita a vista que Giovana de Oliveira, 19 anos, teve de cima da prancha de stand up paddle, no meio das águas do Itajaí.

    - No começo fiquei com medo, mas o segredo para se equilibrar é ter calma. Foi muito legal, principalmente por poder ver a cidade de um jeito diferente - conta.

    André de Ramos, 26, esperava Giovana na tenda de onde saíam as pranchas, mas já havia aproveitado seu quinhão. Foram três voltas de caiaque margeando a Avenida Beira-Rio em uma experiência nova e que agradou o morador do bairro Itoupavazinha.

    - Isso aqui (Blumenau a Bordo) é extraordinário. Antes a gente só via um ou outro caiaque, mas não tinha contato. Tem muitos esportes que podem ser aproveitados com o rio, não se limita a jet ski. Não vim ano passado, mas ouvi que vai ter uma terceira edição e quero vir com certeza - relata, entusiasmado.

    Foi também para dar uma experiência nova ao filho Carlos Eduardo, 10, que Sebastião Carlos Camargo, 39, subiu no caiaque e saiu remando como um aprendiz no esporte de Isaquias Queiroz. Pai e filho não escaparam de um banho quando o barco virou nos primeiros metros, mas depois seguiram com a tranquilidade de um pequeno cruzeiro pelas águas turvas do rio.

    - É assim, aos poucos, que eles vão vivenciando as coisas - ensina Sebastião, que também diz querer voltar na terceira edição, enquanto o filho segue com os lábios esticados pelo sorriso.

    Atrações também fora do rio

    O flyboarding que encantou olhares na primeira edição voltou a atrair a atenção do público, assim como as lanchas, jet skis, luta de cotonete e outros esportes oferecidos gratuitamente ao longo do dia. Na área mais conhecida da Prainha, food trucks, pique-niques, oficinas de nós de marinheiro de música ao vivo com o Projeto Vila Encantos preenchiam as atrações do espaço que recentemente teve acesso para carros fechado no período noturno.

    A expectativa pela terceira edição, que deve ocorrer entre a primavera e o verão, já existe também entre a equipe da Secretaria de Turismo. Ainda no local do Blumenau a Bordo, a turismóloga Adriana Salles Ribeiro acreditava que a expectativa de público de 600 pessoas tivesse sido superada e se mostrava satisfeita com o retorno do público na pesquisa de satisfação feita com os visitantes.

    - Todos disseram gostar muito e pediram uma terceira edição. Em muitos casos os pais trazem as crianças para terem experiências e acabam entrando na brincadeira também. O evento é importante porque ajuda a incentivar o uso consciente e sustentável do rio durante o ano inteiro - pontua.

    Blumenau e o Rio Itajaí já têm, a rigor, novo encontro marcado para a primavera, mas nada impede que a relação seja revivida qualquer dia desses, num outro domingo de lazer, outro domingo de Prainha.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas