nsc
santa

Pandemia

Blumenau adere ao QR Code em restaurantes para rastrear casos de coronavírus

Estabelecimentos interessados na ação devem preencher um formulário na interner para receber placa com código

21/08/2020 - 09h38 - Atualizada em: 21/08/2020 - 09h44

Compartilhe

Bianca
Por Bianca Bertoli
Cliente deve apontar o celular para o QR Code e enviar informações ao sistema
Cliente deve apontar o celular para o QR Code e enviar informações ao sistema
(Foto: )

A tecnologia será utilizada em restaurantes e similares para rastrear quem manteve contato com pessoas infectadas pelo novo coronavírus em Blumenau. O sistema, que funciona com um check-in por QR Code, pede CPF e telefone do cliente, que aponta o celular para o código de forma voluntária.

> Clique aqui para receber notícias de Blumenau e região via Whatsapp.

Ao registrar a passagem pelo estabelecimento, a pessoa pode ser alertada via SMS caso outro consumidor que esteve no mesmo dia e horário no local se contamine. É um modelo semelhante ao adotado pela prefeitura de Florianópolis no transporte coletivo, academias, shoppings, entre outros. 

Tal como ocorre na capital, as informações serão enviadas à Secretaria de Saúde, que integrará os dados ao Pronto, sistema que engloba as informações sobre os pacientes de Blumenau.

— É importante porque vamos conseguir rastrear no caso dos positivados e rastrear os contatos que estavam ali naquele momento — disse o secretários de Saúde, Winnetou Krambeck.

> Blumenau ignora proibição estadual e mantém retorno de futebol entre amigos

A ação ainda está no começo, mas não há limite para estabelecimentos interessados. Para solicitar o QR-Code (e cartaz com o código) é necessário fazer o cadastro por este link. A iniciativa é da Secretaria de Turismo, com parceria do Sindicato Patronal de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares e Blumenau Gastronômico.

Testagem em funcionários

Desde esta quarta-feira (19) funcionários de hotéis, bares e restaurantes estão sendo testados para diagnóstico de Covid-19. A prefeitura disponibilizou 3 mil testes rápidos para a ação. A Secretaria de Turismo tem intermediado o contato com os empresários para agendamento da testagem com o auxílio do sindicato.

Coronavírus em Blumenau

Conforme dados da prefeitura desta quinta-feira (20), Blumenau possui 11.064 casos confirmados da doença, 2.145 ainda em tratamento. Nos hospitais há 52 internados em leitos de UTI (entre moradores da cidade e da região) e 31 em enfermaria. A taxa de ocupação é de 55% e 18%, respectivamente. 

Nesta sexta-feira (21) o município confirmou mais dois óbitos. As vítimas, uma mulher de 46 anos e um homem de 50, estavam internadas desde o final de julho. São 104 mortes de blumenauenses devido à Covid-19 até o momento.  

Colunistas