nsc
    santa

    Metas

    Blumenau define os cinco eixos do Plano Estratégico de Desenvolvimento Econômico

    Setores vão nortear o projeto em parceria com empresários da cidade

    24/02/2016 - 03h35

    Compartilhe

    Por Redação NSC
    Encontro definiu prioridades no setor em Blumenau
    Encontro definiu prioridades no setor em Blumenau
    (Foto: )

    As poucas cadeiras vazias no auditório do Senac, no bairro Ponta Aguda, em Blumenau, na tarde chuvosa de terça-feira foram uma resposta positiva da classe empresarial - representada por 80 pessoas - ao chamado do Executivo para o seminário que definiu os cinco eixos de trabalho que vão nortear o Plano Estratégico de Desenvolvimento Econômico do município.

    ::: Pancho: Motivos para ir ao seminário que vai discutir o Plano de Desenvolvimento Econômico de Blumenau

    Ao fim de uma extensa programação - o seminário começou às 13h30mim e encerrou às 18h30min - representantes de empresas e entidades definiram que Tecnologias da Informação e Comunicação, Cadeia Têxtil, Eletrometalmecânica, Comércio e Cadeia de Saúde são os eixos que compõem o plano. Ao todo, seis deles foram sugeridos ao público presente, que deixou de fora apenas o tópico que tratava da construção civil.

    Confira os eixos:

    As sugestões de setores foram elaboradas com base em um estudo feito pelo Sebrae - entidade delegada pela prefeitura para promover estudos sobre Blumenau e coordenar a elaboração do plano - e antes de serem escolhidas, foram previamente explicadas e discutidas durante a apresentação de quase uma hora e meia que deu ao público um diagnóstico da cidade.

    - O grande desafio é olhar para as atividades que nós já desempenhamos e tentar gerar outras cadeias (de serviço) a partir do fortalecimento dessas atividades iniciais - explica a consultora em desenvolvimento regional do Sebrae, Maria Gorete Hoffmann.

    Ainda segundo Maria Gorete, todos os eixos têm algum potencial de transformação social, sendo que os bens de capital, construção civil e saúde tem maior peso no grupo. Eles também, segundo o estudo, exigem maior grau de maturidade para serem executados, já que são mais complexos.

    - Tivemos bastante representatividade, o que tornou a discussão muito rica. Não vejo como algo negativo a construção civil não ter entrado no plano. Surgiram várias propostas, até de elencar a educação, por exemplo - avalia o administrador da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Edson Kestering.

    Agora novos encontros serão promovidos pelo Sebrae. Nas reuniões representantes empresarias e entidades da área de abrangência dos eixos devem se reunir para planejar e definir as diretrizes de cada ponto.

    Próximas etapas

    - 8 de março - Planejamento do eixo de Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC)

    - 24 de março - Planejamento do eixo da Cadeia Têxtil

    - 5 de abril - Planejamento do eixo de Eletrometalmecânica

    - 12 de abril - Planejamento do eixo do Comércio

    - 26 de abril - Planejamento do eixo da Cadeia da Saúde

    - 17 de maio - Entrega do Plano Estratégico à sociedade

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Economia

    Colunistas