publicidade

Esportes
Navegue por

Futebol

Blumenau Esporte Clube é campeão da Série C do Campeonato Catarinense 2017

Partida final foi disputada com o CEC/Orleans e foi decidida nos últimos minutos

05/08/2017 - 16h12 - Atualizada em: 05/08/2017 - 16h37

Compartilhe

Por Redação NSC
Jogadores do Blumenau Esporte Clube comemoram o título com a taça de campeão da Série C do Campeonato Catarinense
Jogadores do Blumenau Esporte Clube comemoram o título com a taça de campeão da Série C do Campeonato Catarinense
(Foto: )

O Blumenau Esporte Clube é campeão da Série C do Campeonato Catarinense 2017. Em um jogo de vida ou morte contra o CEC/Orleans no Estádio do Sesi na tarde deste sábado em Blumenau, o BEC resistiu a um empate, o goleiro Bruno Rocha defendeu um pênalti, e o tricolor blumenauense desempatou e ampliou já nos minutos finais.

O placar de 4 a 2 para o time da casa esconde a batalha disputada nos lados do bairro Vorstadt. Os primeiros minutos chegaram a ser dominados pelo adversário, que entrou colocando pressão e subindo para o ataque. Mas a sede foi demais e aos 10 da etapa inicial o juiz marcou um pênalti para o Blumenau. Lucas Sousa cobrou firme e abriu o placar.

O gol deu segurança para a equipe branco-verde-grená, que entrou no jogo de cabeça. O jogo ficou mais equilibrado, com mais chances para os dois lados e Lucas Sousa sendo a referência da equipe na chegada à meta. Com o apoio da torcida, que não se calou um minuto sequer durante toda a partida, o Blumenau ampliou o placar aos 47 com Maurilio.

Parecia que a situação estava confortável? Que seria um intervalo tranquilo? Sim, parecia. Mas o CEC/Orleans queria saber era de jogo e dois minutos depois, aos 49, Higor diminuiu a diferença para o time visitante e as duas equipes foram para o vestiário com o placar marcando 2 a 1 para o Blumenau.

Segundo tempo do sufoco

No retorno, os dois times entraram em campo com a intenção de resolver logo a situação, mas quem se deu melhor foi o CEC/Orleans, que igualou o placar com Danilo logo aos dois minutos de jogo. O que alguns minutos antes era uma vantagem de dois gols para o Blumenau se transformou num empate que já ia amargando a boca do torcedor e, na melhor das hipóteses, levaria a disputa para a prorrogação.

Para ficar um pouco mais dramático, já que no futebol todo sofrimento é pouco, aos 35 minutos o árbitro Braulio Da Silva Machado concedeu o segundo pênalti do jogo, desta vez para o CEC/Orleans. Bruno Rocha não titubeou e pulou certeiro no chute de Léo Sorriso. A mão espalmada levou a bola para fora da meta e a torcida ao delírio.

Ver o todo o trabalho quase se perder em uma chance desperdiçada pelo adversário fez a equipe do Blumenau correr muito atrás do prejuízo. Cinco minutos depois, aos 40, Lucas Vaz acertou o gol após uma cobrança de escanteio e fez o público sair gritando "É campeão!" antes do apito final. A empolgação foi tanta que aos 45 minutos Miller ainda fez o quarto do BEC, para fechar a conta e levantar a taça.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação