nsc

publicidade

Saúde pública

Boa Vista é o bairro de Joinville que concentra maior número de focos de Aedes aegypti

Cidade tem hoje 98 focos em 17 bairros. Confira os números por região

11/05/2016 - 16h02 - Atualizada em: 11/05/2016 - 16h12

Compartilhe

Por Redação NSC
Agentes coletam larva do mosquito de uma das armadilhas monitoradas em Joinville
Agentes coletam larva do mosquito de uma das armadilhas monitoradas em Joinville
(Foto: )

A Secretaria da Saúde de Joinville divulgou na tarde desta quarta-feira novos números do combate ao Aedes aegypti. Ao todo já foram encontrados 98 focos em 17 bairros da cidade. O Boa Vista é o que concentra o maior número, 28 ao todo, o que colocou a Vigilância Ambiental em alerta. A cidade já registrou 20 casos de dengue e cinco de febre chykungunia. Ainda não há casos de zika vírus.

Confira as últimas notícias

Segundo a coordenadora da Vigilância Ambiental, Nicoli dos Anjos, os moradores do bairro Boa Vista precisam ter uma atenção maior por conta do crescente número de focos em 2016. Nos últimos dois anos não tinham sido encontrados focos do mosquito no bairro. "Pedimos que a população esteja atenta para eliminar possíveis acumuladores de água parada, principalmente as calhas que nesta época do ano entopem com mais frequência por conta da queda de flores e folhas", explica.

Ações de conscientização e vistoria estão sendo intensificadas no Boa Vista, com informes em missas e cultos, palestras em escolas e no trabalho de rotina dos agentes de combate a endemias. "Nos fins de semana estamos fazendo a revisita nas casas que estão fechadas durante as vistorias de rotina. Pedimos a colaboração da população para que receba o agente, que está sempre identificado com crachá e colete da Secretaria da Saúde, para que faça a vistoria nas casas".

Além do Boa Vista, o Itaum com 22, Zona Industrial com 10 e Floresta com nove focos lideram a lista de bairros com maior incidência de larvas do mosquito. Os outros bairros são: Fátima, João Costa, Rio Bonito, São Marcos, América, Glória, Nova Brasília, Pirabeiraba, Anita Garibaldi, Boehmerwald, Bucarein, Costa e Silva e Vila Nova.

Casos em Joinville em 2016

Dengue: 20 (19 importados e 1 autóctone)

Chikungunya: 5 (4 importados e 1 autóctone)

Deixe seu comentário:

publicidade