nsc
    dc

    checagem

    Bolsonaro não tem presença confirmada no Fórum Econômico Mundial de 2021

    Organização do Fórum Econômico Mundial disse que lista dos convidados para edição 2021 ainda não foi divulgada. Postagem dá como certa presença do presidente

    02/12/2020 - 12h04

    Compartilhe

    Por Projeto Comprova
    Post no Facebook diz que Bolsonaro vai ser a estrela do Fórum Econômico Mundial, em Davos, em 2021
    Post no Facebook diz que Bolsonaro vai ser a estrela do Fórum Econômico Mundial, em Davos, em 2021
    (Foto: )

    É enganosa uma publicação afirmando que o presidente Jair Bolsonaro já teria sido escolhido como a estrela principal do próximo encontro do Fórum Econômico Mundial, realizado na Suíça.

    > Quadrilha ficou em Criciúma pelo menos três meses para planejar assalto a banco

    No Facebook, uma postagem afirma que ele terá “uma mesa só dele, para receber autoridades e investidores do mundo todo”, mas a organização do Fórum, procurada pelo Projeto Comprova, disse que a lista dos convidados para a edição 2021 do evento ainda não foi divulgada. O Palácio do Planalto também foi contatado pela nossa reportagem e disse que ainda não há confirmação da presença de Bolsonaro no fórum, no ano que vem.

    A imagem verificada foi publicada no Facebook no dia 25 de novembro. Originalmente, a imagem foi postada no Instagram, em 2019, um momento em que, de fato, o presidente do Brasil era um dos expoentes do evento na Suíça. Isso indica que o conteúdo foi retirado de contexto para afirmar que Bolsonaro desfruta de grande prestígio internacional.

    > É falso que MST tenha destruído estação de energia no Amapá

    Como verificamos?

    O primeiro passo da investigação foi descobrir se a imagem já tinha sido publicada antes nas redes sociais. Como a imagem verificada tem um selo da página “Oposição Zuera”, buscamos essa página e encontramos, no Instagram, um perfil com o mesmo nome, que publica imagens com selo idêntico. Verificando as postagens feitas por essa conta, encontramos a foto em questão, com a mesma frase sobre o encontro em Davos, numa publicação de 2019.

    Contatamos a assessoria do Palácio do Planalto e a organização do Fórum Econômico Mundial, por e-mail, para saber mais sobre os planos para a próxima edição do encontro.

    Por fim, tentamos contato com a autora da postagem no Facebook, mas não tivemos resposta até o fechamento desta verificação.

    > 'Tratamento precoce' com hidroxicloroquina não evitou mortes em Porto Feliz

    Verificação

    Estrela de Davos

    O Fórum Econômico Mundial é realizado desde 1971 e é mais conhecido por suas reuniões anuais em Davos, na Suíça. O evento reúne os principais líderes empresariais e políticos, além de intelectuais e jornalistas selecionados para discutir as questões mais urgentes enfrentadas mundialmente.

    A postagem verificada afirma que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) será a “atração principal” do encontro que é realizado anualmente em Davos. Porém, o texto que está na imagem não faz referência ao ano do evento. A postagem original, encontrada pela nossa reportagem, é de 2019, ano em que o chefe do executivo do Brasil realmente era tratado pela imprensa (inclusive internacional) como um dos destaques do Fórum.

    Na ocasião, Bolsonaro tinha acabado de tomar posse e ainda era desconhecido pelo resto do mundo. Além disso, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, não participaria do evento naquele ano. Na data do Fórum, o discurso do presidente Bolsonaro teve seis minutos de duração e tratou de propostas sobre a abertura da economia brasileira.

    Em 2020, Bolsonaro foi convidado a participar do evento, mas acabou cancelando sua ida no começo de janeiro.

    > É falso que o TSE atualizou apuração baseado em informações de site de notícias

    O Fórum em 2021

    Em 2021, por causa da pandemia do novo coronavírus, a expectativa é de que o encontro presencial seja realizado entre os dias 18 e 21 de maio, na comuna de Lucerna, na Suíça. Em janeiro, líderes globais vão participar de um debate virtual para discutir as perspectivas para o ano.

    O Comprova entrou em contato com a assessoria do Fórum Econômico Mundial para confirmar se a lista de convidados do evento presencial já havia sido decidida. Por e-mail, o fórum respondeu que, “como a lista de participantes da reunião anual de 2021 ainda não foi publicada – e será disponibilizada duas semanas antes do evento -, não é possível confirmar as afirmações da postagem.”

    Também por e-mail, a Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom), que responde sobre a agenda e compromissos do presidente Jair Bolsonaro, declarou que “não há confirmação sobre a participação do presidente Jair Bolsonaro no Fórum Econômico Mundial 2021”.

    Por que investigamos?

    O Projeto Comprova está em sua terceira fase, que foca na investigação de conteúdos relacionados à pandemia da covid-19, às eleições municipais de 2020 e em políticas públicas do governo federal.

    O conteúdo verificado foi tirado de seu contexto original para passar a ideia de que o governo brasileiro desfrute de prestígio internacional atualmente, mas ignora que ele vem sendo criticado por veículos de mídia de outros países e por outros chefes de executivo – sobretudo pelas ações realizadas durante a pandemia da covid-19 e pela política ambiental adotada pelo governo federal.

    A postagem verificada teve mais de 4 mil interações no Facebook até o dia 30 de novembro.

    Enganoso, para o Comprova, é o conteúdo retirado do contexto original e usado em outro de modo que seu significado sofra alterações.

    A checagem acima foi produzida pelo Projeto Comprova, iniciativa que reúne a NSC Comunicação e outros 27 veículos de mídia do país no combate à desinformação.

    > Veja todas as checagens do Projeto Comprova em 2020

    Colunistas