nsc
    dc

    Política

    Bolsonaro usou imagem de HQ da Liga da Justiça para divulgar satélite brasileiro em rede social

    Montagem traz o presidente com ministro Marcos Pontes e um satélite que originalmente aparece nos quadrinhos da DC Comics

    05/03/2021 - 16h34 - Atualizada em: 05/03/2021 - 16h36

    Compartilhe

    Folhapress
    Por Folhapress
    Bolsonaro
    Bolsonaro usou HQ da Liga da Justiça para divulgar satélite brasileiro
    (Foto: )

    O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) usou uma imagem das histórias em quadrinhos (HQ) da Liga Justiça, da editora norte-americana DC Comics, para divulgar o lançamento do Amazônia-1, primeiro satélite brasileiro de observação da Terra.

    > Clique aqui e receba notícias do NSC Total pelo WhatsApp

    > "Chega de frescura e mimimi, vão chorar até quando?", diz Bolsonaro sobre pandemia

    Em uma publicação de rede social feita no dia 27 de fevereiro, Bolsonaro divulgou uma imagem com uma montagem que traz sua foto, a do ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações Marcos Pontes e do satélite que originalmente aparece nos quadrinhos da DC (canto superior direito).

    Veja a publicação no Twitter de Bolsonaro:

    Na montagem de Bolsonaro, o satélite ganhou as cores verde e amarelo no lugar das cores originais (roxo e azul). A imagem original do satélite pode ser encontrada no livro "Justice League - The Ultimate Guide" (Liga da Justiça - o guia definitivo), que fala sobre as histórias do grupo de super-heróis. Personagens como Batman, Super-Homem e Mulher Maravilha fazem parte da liga.

    > Sarah confessa que gosta do Bolsonaro e internet fica chocada com a revelação

    Fãs dos quadrinhos notaram a semelhança e denunciaram o caso nas redes sociais. Até o momento, a DC Comics não se manifestou sobre o caso. Não é prática da editora liberar uso de suas obras por personalidades políticas. A imagem do satélite dos quadrinhos, inclusive, não tem semelhança com o Amazônia-1.

    Satélite dos quadrinhos não tem semelhança com o brasileiro
    Satélite dos quadrinhos não tem semelhança com o brasileiro
    (Foto: )

    O Amazônia-1 foi lançado na madrugada do dia 28 de fevereiro a partir do Centro Espacial Satish Dhawan, no sul da Índia. Na terça-feira (2) rastreadores de satélite detectaram atividade do Amazônia-1 que indicava que o equipamento estaria girando fora de controle. Na quarta (3) o Inpe (Instituto Pesquisas Espaciais) afirmou que o satélite está funcionando normalmente.

    Leia também:

    > “Para que lockdown?”, diz Bolsonaro sobre Chapecó, onde sistema de saúde entrou em colapso

    > Eduardo Bolsonaro participará de evento para 150 pessoas em Santa Catarina

    > "Só se colocarmos o Exército na rua", diz secretário de Saúde de SC sobre dificuldade de cumprir restrições

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Política

    Colunistas