nsc

publicidade

Vida Animal

Bombeiros resgatam cachorrinha que caiu em rio em Joinville

Eles estavam em horário de folga quando foram chamados para ajudar um idoso que perdeu o controle sobre o animal de estimação

22/08/2019 - 18h33 - Atualizada em: 23/08/2019 - 06h17

Compartilhe

Cláudia
Por Cláudia Morriesen
Momento em que o bombeiro passa a corda pela cachorrinha Tati para puxá-la para fora da galeria
Momento em que o bombeiro passa a corda pela cachorrinha Tati para puxá-la para fora da galeria

Dois bombeiros voluntários de Joinville viveram um momento que, para a equipe de socorristas, foi simples e comum. Porém, registrada em vídeo por pessoas que passavam pelo local, ganhou as redes em Joinville. Por volta das 11h30, os bombeiros Francisco Lele e Maicon Vanzuita passavam pelo bairro Anita Garibaldi com um dos caminhões dos bombeiros, já a caminho do almoço, quando receberam uma ligação do chefe do pátio do Corpo de Bombeiros Voluntários.

Adote um Amor: o quadro do NSC Total comprometido com a causa animal em SC

A ligação era para dizer que um homem idoso tinha pedido ajuda porque havia saído para passear com sua cachorrinha, a Tati, e na rua Dr. Plácido Olímpio de Oliveira, a cachorrinha fugiu, pulou uma mureta e caiu em um trecho aberto de uma galeria do rio Jaguarão.

Como a galeria era muito alta, o homem não tinha como salvar a cachorrinha. Francisco Lele e Maicon Vanzuita mudaram a rota, pegaram a escada do caminhão e fizeram o resgate descendo até o local e a amarrando com uma corda. O bombeiro Francisco disse que a cachorrinha entendeu que eles estavam fazendo aquilo para salvá-la e colaborou na hora do resgate.

— Quando fazemos o salvamento de um animal que não é silvestre, temos que inspirar confiança nele. O animal não estará tranquilo, então chamamos pelo nome e ele sabe que pode confiar na gente — explicou.

Confira o momento no vídeo que foi publicado por uma página de Joinville:

Leia também:

Polícia apreende aves silvestres que seriam comercializadas ilegalmente em Joinville

Mãe de menino desaparecido há 15 anos em Barra do Sul ainda espera por respostas

Deixe seu comentário:

publicidade