nsc
    dc

    Resultado ruim

    Brasil cai cinco posições e fica em 51º em ranking de competitividade

    Pesquisa do IMD aponta que o país é o campeão de barreiras para importação

    30/05/2013 - 07h14 - Atualizada em: 30/05/2013 - 07h33

    Compartilhe

    Por Redação NSC

    Em uma classificação anual de competitividade, o Brasil caiu cinco posições e fica em 51º lugar entre 60 países participantes. A pesquisa foi publicada pelo Centro de Competitividade do IMD Business School, considerada uma das mais importantes escolas de gestão da Europa. Em 2010, por exemplo, o país era o 38º colocado.

    Segundo a pesquisa, o Brasil é o campeão de barreiras para importações, problemas na criação de empresas, níveis de impostos de impostos sobre empresas e falta de infraestrutura nas aduanas. Entre os principais desafios para 2013, conforme o IMD, o país precisa promover uma política de eficiência nacional, mantendo estabilidade nos preços, aliados à produtividade, infraestrutura e custos de trabalho.

    Os Estados Unidos retomaram a primeira posição do ranking. Os principais motivos são a recuperação do setor financeiro, inovação em tecnologia e sucesso das companhias com sede no país. Entre os dez primeiros, três são europeus: Suíça em 2º, Suécia em 4º e Alemanha na 9ª posição.

    Nos Brics existem diferentes desempenhos, mas todos com registro de queda no ranking. A China aparece na 21º, acompanhada por Índia (40º), Rússia (42º) e África do Sul (53º).

    Veja quem são e o ranking dos 60 países no ranking de competitividade produzido pelo IMD Business School:

    1º Estados Unidos

    2º Suíça

    3º Hong Kong

    4º Suécia

    5º Singapura

    6º Noruega

    7º Canadá

    8º Emirados Árabes

    9º Alemanha

    10º Catar

    11º Taiwan

    12º Dinamarca

    13º Luxemburgo

    14º Holanda

    15º Malásia

    16º Austrália

    17º Irlanda

    18º Reino Unido

    19º Israel

    20º Finlândia

    21º China

    22º Coreia do Sul

    23ºÁustria

    24º Japão

    25º Nova Zelândia

    26º Bélgica

    27º Tailândia

    28º França

    29º Islândia

    30º Chile

    31ºLituânia

    32º México

    33º Polônia

    34º Cazaquistão

    35º República Checa

    36º Estônia

    37º Turquia

    38º Filipinas

    39º Indonésia

    40º Índia

    41ºLetônia

    42º Rússia

    43º Peru

    44º Itália

    45º Espanha

    46º Portugal

    47º Eslováquia

    48º Colômbia

    49º Ucrânia

    50º Hungria

    51º Brasil

    52º Eslovênia

    53º África do Sul

    54º Grécia

    55º Romênia

    56º Jordânia

    57º Bulgária

    58º Croácia

    59º Argentina

    60º Venezuela

    Fonte: IMD Business School

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Economia

    Colunistas