nsc

publicidade

Time masculino

Brasil leva virada dos EUA e vai disputar medalha de bronze na Liga das Nações de vôlei

Time enfrenta a Polônia em busca do terceiro lugar no pódio

14/07/2019 - 11h10 - Atualizada em: 14/07/2019 - 11h29

Compartilhe

Por GaúchaZH
Bloqueio brasileiro tenta parar ataque dos EUA
Bloqueio brasileiro tenta parar ataque dos EUA

A seleção brasileira masculina de vôlei esteve perto de garantir uma vaga na final da Liga das Nações. Porém, após estar vencendo os Estados Unidos, em Chicago, por 2 a 1, o time comandado por Renan Dal Zotto acabou levando a virada, parciais de 21/25, 25/17, 25/21, 20/25 e 9/15, e ficou fora da disputa do título.

Depois de um primeiro set instável, o Brasil acertou a mão no saque e no ataque, especialmente com os ponteiros Lucarelli e Yoandy Leal e tomou conta da partida. Porém, algumas alterações na equipe norte-americana e uma mudança na forma do saque, fez o time da casa assumir as rédeas do jogo, virar o marcador e vencer o tie-break com facilidade, garantindo vaga na final contra a Rússia, que na outra semifinal passou pela Polônia, por 3 a 1 (25/19, 24/26, 25/22 e 25/21).

Para levantador Bruninho o time perdeu a lucidez durante o confronto.

— Perdemos um pouquinho da lucidez em alguns momentos e eles encaixaram bons saques, inclusive mudando a forma como estavam sacando, e o flutuante acabou colocando o nosso time em dificuldade. A nossa virada de bola não voltou a ter a fluidez de antes e eles começaram a crescer na partida e venceram — disse o capitão brasileiro.

Neste domingo (14), às 17h, o Brasil irá encarar a Polônia, na disputa da medalha de bronze. Estados Unidos e Rússia definirão o ouro a partir das 20h. Os russos buscam o bicampeonato da competição.

Deixe seu comentário:

publicidade