nsc
    dc

    Crime

    Brasileira é assassinada nos EUA, e suspeito é encontrado morto

    Natural de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, Alessandra de Moraes Emiliano residia no país norte-americano desde 2006

    04/01/2016 - 20h39 - Atualizada em: 21/06/2019 - 23h23

    Compartilhe

    Por Redação NSC
    (Foto: )

    Uma brasileira foi morta a tiros em Indiana, nos Estados Unidos, no último sábado, dentro da loja em que trabalhava. O suspeito de ter assassinado Alessandra de Moraes Emiliano, 37 anos, é o ex-companheiro Richard Kalecki Jr., de 49 anos, de quem a mulher estava separada desde 2012.

    O corpo de Kalecki Jr. foi encontrado no domingo dentro de um cemitério na cidade de Calumet. De acordo com o jornal "Chicago Tribune", a polícia trabalha com a hipótese de suicídio. Ele respondia por acusações de abuso sexual de um menor de idade e deveria se apresentar à Justiça neste ano.

    Um mês depois, jovem suspeita de matar a ex-namorada segue internada

    Natural de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, Alessandra residia no país norte-americano desde 2006 junto com a filha de 18 anos. Sem condições de financiar o transporte do corpo, a família da mulher iniciou uma campanha nas redes sociais para conseguir arrecadar o dinheiro necessário para sepultá-la no Brasil.

    Alessandra Emiliano, de 37 anos foi morta em Merrillville - EUA, na loja em que trabalhava, por um tiro nas costas,...

    Posted by Elizabeth Moraes on  Segunda, 4 de janeiro de 2016

    O Itamaraty informou, em nota, que o Consulado do Brasil em Chicago, no estado americano de Illinois, está em contato com um irmão da brasileira para auxiliar nos trâmites do traslado.

    Polícia identifica mais três suspeitos da morte de PM em Tramandaí

    * Zero Hora

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas