nsc
dc

MOVIMENTOU A CIDADE

Briga em bar termina com corte no pescoço, perseguição, tiros e prisões em SC

Quatro homens foram presos uma semana após ação criminosa na pacata cidade de Irati, no Oeste

03/08/2021 - 18h44 - Atualizada em: 03/08/2021 - 19h07

Compartilhe

Clarissa
Por Clarissa Battistella
Armas foram apreendidas com os suspeitos presos
Armas foram apreendidas com os suspeitos presos
(Foto: )

Após uma briga em bar que quase terminou com a morte de duas pessoas em Iratí, no Oeste de Santa Catarina, quatro homens foram presos pela Polícia Civil por tentativa de homicídio e porte ilegal de armas de fogo. As capturas ocorreram nesta segunda-feira (2), uma semana após a confusão que acabou com um homem ferido no pescoço, perseguições e uma sequência de tiros. Duas vítimas quase atingidas por um dos disparos não tinham qualquer relação com o desentendimento, segundo a polícia.

Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

À frente do caso, o delegado Alexander Maurer conta que a ocorrência iniciou no fim da tarde do dia 25 de julho, quando quatro homens que bebiam em um bar de Jacutinga, na área rural de Irati, se desentenderam com outras duas pessoas que estavam no local. Houve agressões e um dos envolvidos foi atingido no pescoço.

- Um deles acabou levando um golpe de arma branca no pescoço sobre a carótida e creio que por poucos minutos essa artéria não foi cortada - pondera.

Com o pescoço ferido, o homem e o amigo embarcaram em um GM Prisma de cor preta para fugirem, momento em que iniciou a perseguição. Os desafetos, dentro de um VW Fox, atiraram contra o carro das vítimas. A fuga terminou somente quando a dupla chegou à casa de um policial militar, que os socorreu.

- Foram quatro ou cinco tiros contra o carro das vítimas, mas [os suspeitos] não acertaram - comenta o delegado.

Não satisfeitos, os suspeitos continuaram circulando pela cidade até que resolveram perseguir outro veículo, que nada tinha a ver com a situação.

- Por razões ainda não conhecidas, esse Fox iniciou a perseguição a um VW Golf que se dirigia do Centro de Irati em direção a Linha Barra Escondida e nessa perseguição o motorista conseguiu colocar o carro ao lado do outro e foi efetuado o disparo - conta Maurer.

Por pouco, o último tiro não atingiu o motorista do Golf. O projétil ficou alojado próximo à maçaneta, entre a porta e o forro interno. Havia duas pessoas dentro do veículo.

- Então, são três fatos: o golpe de arma branca em Jacutinga [no bar], a perseguição com disparos de arma de fogo e a última perseguição com mais um disparo. Ao todo, são quatro vítimas de tentativa de homicídio - concluiu.

O grupo foi localizado no interior de Irati e de São Lourenço do Oeste, na mesma região. Os presos de 31, 33, 36 e 46 anos foram encontradas três armas de fogo calibre 32 - 2 espingardas e 1 revólver com a numeração raspada - e 18 munições e encaminhados ao Presídio Regional de Chapecó, onde se encontram à disposição da Justiça. 

Leia também

Jovem é baleado com 4 tiros ao tentar comprar maconha em Florianópolis

Corpo decapitado é encontrado em Balneário Barra do Sul

Vice-governador do Mato Grosso é indiciado após agredir esposa em Itapema

Quem são as vítimas mortas em acidente entre carro e carreta na SC-418, em Joinville

Colunistas