Dono do do título de “cachorro mais velho do mundo” pelo Guinness World Record, Bobi morreu nesse domingo (22), aos 31 anos. O cão estava hospitalizado há alguns dias e chegou a realizar tratamentos, mas infelizmente não resistiu. As informações são do jornal português SIC.

Continua depois da publicidade

Saiba como receber notícias do NSC Total no WhatsApp

Bobi nasceu em 11 de maio de 1992 e vivia na aldeia rural de Conqueiros, na cidade de Leiria, em Portugal. Em fevereiro deste ano, quando completou 30 anos e 266 dias, o peludo foi anunciado pelo Guinness World Record como o cachorro mais velho do mundo.

Ministério dos Transportes coloca data para pedágio nas rodovias em SC

Segundo o tutor Leonel Costa, de 38 anos, Bobi era um legítimo Rafeiro do Alentejo, uma raça portuguesa que tem uma média de vida de 12 a 14 anos. Ele foi adotado quando o homem tinha apenas 8 anos. De acordo com Leonel, o segredo da longevidade do cão pode estar ligado ao fato do animal nunca ter ficado preso. “Ficam as melhores memórias de uma longa vida onde foi feliz e fez muita gente feliz, principalmente a sua família, que hoje sente que um dos seus pilares ruiu”, escreveu.

Continua depois da publicidade

Leia mais no Metrópoles, parceiro do NSC Total.

Leia também

Concorrente de Balneário Camboriú em SC tem os imóveis com maior valorização do país

Segunda colocada para operar Porto de Itajaí é desclassificada e Portonave entra na disputa

Destaques do NSC Total