nsc
    dc

    Na Ressacada

    "Caímos de cabeça erguida", avalia zagueiro do Avaí após eliminação na Copa do Brasil

    Leão perdeu nos pênaltis para o Luverdense e deixou o torneio nacional

    01/03/2017 - 18h06

    Compartilhe

    Por Redação NSC
    (Foto: )

    O discurso dos jogadores do Avaí após a eliminação na Copa do Brasil para o Luverdense foi o mesmo: de que não faltou vontade e nem entrega. O Leão saiu atrás no placar, buscou o empate, mas acabou derrotado nos pênaltis, em noite de grande atuação do goleiro adversário Diogo Silva.

    Segundo o lateral-esquerdo Capa, no segundo tempo o time catarinense foi muito superior, mas não soube concluir em gol.

    - Acho que fomos superiores a eles, e pênalti é competência. Infelizmente a gente não converteu e eles fizeram. Acho que o último passe, aquela bola para o gol faltou, mas estamos de parabéns, buscamos o empate e terminanos massacrando o adversário, mas não deu - avaliou Capa.

    Já o zagueiro Alemão, apesar do resultado ruim no Estádio da Ressacada, diz que o Avaí deixa a competição de cabeça erguida.

    - Acho que se for falar que faltou vontade foi no primeiro tempo, no segundo tivemos pelo menos cinco chances claras de gol. Mas infelizmente tomamos gol no primeiro tempo e isso acabou prejudicando. Nós caímos de cabeça erguida pelo o que a equipe fez no segundo tempo e infelizmente perdemos nos pênaltis - disse.

    O Avaí volta a campo neste domingo, às 18h30min, contra o Inter de Lages, pela última rodada do turno do Campeonato Catarinense.

    Leia mais:

    Nos pênaltis, Avaí perde para o Luverdense e é eliminado da Copa do Brasil

    Veja a tabela da Copa do Brasil

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas