nsc
an

Legislativo

Câmara de Joinville anuncia fim das diárias para vereadores e outros cortes de gastos

Cortes também envolvem celulares corporativos, verbas de gabinete e locação de veículos

02/02/2021 - 14h02

Compartilhe

Hassan
Por Hassan Farias
Vereadores anunciam medidas na Câmara de Joinville
Medidas foram anunciadas nesta terça-feira (2) pela mesa diretora da Câmara de Joinville
(Foto: )

A Câmara de Joinville anunciou o fim das diárias de viagens para vereadores, além de outras medidas administrativas para reduzir os gastos em 2021. O anúncio foi feito pela mesa diretora do Legislativo durante coletiva de imprensa na manhã desta terça-feira (2).

> Notícias de Joinville e região por WhatsApp: entre no grupo do A Notícia​

O presidente Maurício Peixer (PL), a vice-presidente Tânia Larson (PSL) e o primeiro-secretário Érico Vinícius (Novo) informaram que a principal economia deste ano será da extinção das diárias. A estimativa do Legislativo é deixar de gastar R$ 1,5 milhão com a medida.

Os servidores de carreira da Câmara de Vereadores terão os critérios de concessão de diárias revistos, de acordo com a mesa diretora. No entanto, o benefício não pode ser extinta por causa da legislação trabalhista.

Outra redução anunciada é no número de linhas de celulares corporativos, de 40 para 30. O corte foi 25%, mas deve ser maior a partir de 2022, quando será assinado um novo contrato. De acordo com a Câmara, não foi possível realizar uma redução ainda maior neste ano por causa da legislação e da multa rescisória atual.

> Vereadores de Joinville aprovam redução de 15 dias no recesso anual da Câmara

Locação de veículos e verba de gabinete

A mesa diretora anunciou também uma redução de R$ 190 mil nos gastos com locação de automóveis e mais R$ 2,7 milhões com verbas de gabinete para materiais de expediente, correios e insumos durante a legislatura atual (2021-2024).

Até agora, cada gabinete recebia até R$ 3 mil por mês e o dinheiro era administrado pela direção-geral da Câmara. A verba também não era usada para pagamento de salários de assessores, uma vez que o orçamento da Câmara já tem dotação específica.

Segundo o presidente Maurício Peixer, outras medidas de austeridade continuam sendo estudadas pelas diretorias e devem ser anunciadas durante o ano.

Relembre o que faz um vereador

Leia também

> Joinville registra dois homicídios em menos de 24h no fim de semana

> Sobrevivente de acidente com ônibus que matou 19 pessoas na BR-376 é preso em Itapema

> Casa de eventos de Jaraguá do Sul é interditada por desrespeitar medidas restritivas

Colunistas