nsc

publicidade

Transporte integrado

Câmara de Palhoça não vai aprovar transporte coletivo integrado até sexta-feira (8)

Prazo foi dado pelo Governo do Estado, que notificou Legislativo e Executivo por atraso na apreciação do assunto

07/11/2019 - 12h43 - Atualizada em: 08/11/2019 - 19h45

Compartilhe

Felipe
Por Felipe Reis
Transporte integrado pode resolver uma das principais reclamações dos usuários: a falta de manutenção
Transporte integrado pode resolver uma das principais reclamações dos usuários: a falta de manutenção. Situação provocou este acidente em 2017.
(Foto: )

O presidente da Câmara de Vereadores de Palhoça, Edemir Niehues (PSD), afirmou à CBN/Diário que não vai aprovar o projeto de transporte coletivo integrado dentro do prazo indicado pelo Governo de Santa Catarina. O assunto será apreciado nas sessões das próximas segunda (11) e terça-feiras (12).

O ultimato fora dado pelo Executivo estadual na última segunda-feira (4) diante da demora da Prefeitura e da Câmara de Palhoça em afirmarem se a cidade iria ou não participar do projeto de transporte coletivo integrado. Em entrevista ao Direto da Redação da manhã desta quinta-feira (7), o presidente da casa legislativa disse que não podia colocar o projeto em votação sem a resposta a 28 questionamentos elaborados pelos vereadores.

— Não foi a Câmara que sentou no projeto, foi o Governo do Estado que demorou pra responder — afirmou.

Por meio da assessoria de imprensa, o superintendente de desenvolvimento regional da Grande Florianópolis, Mateus Hoffmann, afirmou que as respostas demoraram um pouco porque "os questionamentos dizem respeito a uma etapa final do projeto".

— Nós notificamos para que eles possam se manifestar neste momento e digam se há interesse do município em participar do projeto. A partir dessa resposta, a gente dá continuidade no processo e no planejamento sobre como a operação vai funcionar.

Ouça a entrevista do presidente da Câmara de Vereadores de Palhoça:

Deixe seu comentário:

publicidade