nsc
    an

    Televisão

    "Cantar no The Voice Kids foi um sonho realizado", conta menina catarinense de Garuva 

    Hévelyn Medeiros, de 13 anos, passou na audição às cegas, mas deixou a competição na fase das batalhas no último domingo (22)

    26/02/2020 - 17h10 - Atualizada em: 27/02/2020 - 07h30

    Compartilhe

    Cláudia
    Por Cláudia Morriesen
    foto mostra a menina com camiseta verde sorrindo e posando para a foto
    (Foto: )

    Hévelyn Medeiros, 13 anos, deixou Garuva para tornar-se um rosto conhecido no Brasil inteiro em 11 de janeiro. Foi nesse dia que a menina catarinense apareceu subindo ao palco do programa The Voice Kids, da Rede Globo (transmitida para Joinville pela NSC TV) para fazer o público vibrar já nas primeiras notas de sua execução de "Balada do Louco" e para fazer todos os técnicos virarem as cadeiras.

    Eram momentos muito próximos dos sonhos para a adolescente de uma cidade com apenas 18 mil habitantes, localizada no "cantinho" Norte de Santa Catarina, que nas últimas quatro edições do The Voice Kids reunia-se com a família aos domingos para acompanhar as competições pela TV e imaginar como seria estar no programa.

    — Minha mãe sempre falava "já pensou você lá?". Era um sonho, mas o processo de inscrição para o The Voice é complicado, cheio de detalhes. Acho que eu teria desistido se meu cunhado não tivesse feito — conta Hévelyn.

    Depois veio um longo processo seletivo, que consistia no envio de vídeos, documentos e duas viagens ao Projac, nos estúdios da Rede Globo no Rio de Janeiro, para mais testes. Mas só quando subiu ao palco e encontrou a cantora Claudia Leitte, o cantor Carlinhos Brown e as cantoras Simone e Simaria em suas cadeiras viradas de costas para ela, é que sentiu que realmente estava realizando o sonho.

    — Eu falo isso até hoje: pensa aonde eu consegui chegar. Quantas crianças fazem inscrições todos os anos para o The Voice Kids? E eu fui uma das selecionadas para estar lá e consegui passar pela primeira fase. Então, estou muito feliz por tudo o que aconteceu e só tenho gratidão. Cantar no palco do The Voice Kids foi um sonho realizado — analisa a menina.

    Hévelyn escolheu o Time Claudia Leitte e, no último domingo (22), fez parte da primeira apresentação do primeiro dia das batalhas. Ela cantou "Rock'n Roll", do Led Zepellin, ao lado de Giovana Aguilera e Giovana Linhares e, após o fim da performance, ouviu elogios de Carlinhos Brown e da sua técnica, Claudia Leitte.

    — Por mais que Hévelyn tenha mais conforto em outros estilos, ela diz "não, meu 'zepellin' vai voar" — elogiou Carlinhos.

    Claudia Leitte frisou que, já na preparação, as três meninas surpreenderem. Segundo ela, na primeira passada de som, pôde sentir que aquele era o melhor ensaio que o programa já teve.

    — Elas chegaram para decidir a onda mesmo. Eu honestamente esperava que fosse "fire" (fogo), rocknrollzão mesmo. Hévelyn é uma doçura de pessoa e canta muito, mas além de ser uma exímia cantora, ela tem uma força surpreende, que aparece mais ainda quando ela abre a boca para cantar. É um negócio sensacional — afirmou a cantora e técnica do The Voice Kids.

    Ao fim das análises, Claudia Leitte optou por manter Giovana Aguilera na competição. Para Hévelyn, a vitória foi a experiência de ter vivido aqueles momentos entre outros jovens com a mesma paixão pelas artes.

    — Eu achava muito legal estar lá conhecendo crianças de culturas diferentes, com jeitos diferentes de falar. São amizades que vão ficar marcadas no meu coração. A Claudinha (Leitte) é uma pessoa muito cativante e criativa. No tempo que passamos com ela já pegamos um carinho enorme. Ela é muito animada, além de ser muito talentosa. Ela foi uma ótima técnica para a gente — conta Hévelyn.

    André Marques ganhou caricatura "exclusiva"

    Nos bastidores, a menina garuvense também contou com o carinho do apresentador André Marques. Ele ganhou uma caricatura feita por Hévelyn e apoiou a adolescente após o anúncio da vencedora da batalha.

    Como Hévelyn também é uma desenhista talentosa, a produção do programa sugeriu que ela fizesse uma caricatura de André Marques na sala de espera para as apresentações às cegas. Como havia pouco tempo, ela não gostou do desenho e decidiu produzir outra caricatura em casa, com mais tempo. Quando retornou para o Projac, pôde presenteá-lo com a obra.

    — Pedi para a produtora entregar para ele, mas ela me convidou para levar pessoalmente. Ele é muito querido, falou que achou lindo, pediu para assinar e deixar uma mensagem fofa. Quando a batalha acabou, depois da escolha da Claudinha, era impossível não ficar chateada, e ele me abraçou e me animou — recorda ela.

    Agora, Hévelyn continua suas apresentações com a banda Microfonia, formada dentro de uma escola de música de Joinville. E, para os fãs da cantora mirim, ela já tem agenda na cidade em breve: em 9 de março, a banda Microfonia fará um show no Teatro da Liga em comemoração ao aniversário de Joinville.

    Ver essa foto no Instagram

    Família TVK ❤️

    Uma publicação compartilhada por Hévelyn Medeiros 🦋 (@hevemedeirs) em

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Entretenimento

    Colunistas