nsc
    hora_de_sc

    Operação Alegria

    Carnaval de rua de Florianópolis será monitorado por mais de 140 câmeras

    Ao menos 20 câmeras instaladas funcionam com reconhecimento facial; equipamento em uniforme de militares também fará reconhecimento

    11/02/2020 - 19h18 - Atualizada em: 11/02/2020 - 19h49

    Compartilhe

    Clarissa
    Por Clarissa Battistella
    Comandante do 4ºBPM, tenente-coronel Dhiogo Cidral de Lima na sala de monitoramento
    Comandante do 4ºBPM, tenente-coronel Dhiogo Cidral de Lima na sala de monitoramento
    (Foto: )

    A Polícia Militar de Santa Catarina vai iniciar na próxima quinta-feira (13) a "Operação Alegria", que deve garantir a segurança dos foliões durante o Carnaval 2020 e no período em que antecede as festas. Em Florianópolis, ao menos 140 câmeras serão utilizadas para o monitoramento da polícia na região central da cidade, onde mais de 250 mil pessoas estarão reunidas. Dessas, ao menos 20 contam com a função de reconhecimento facial.

    As informações foram divulgadas na tarde desta terçã-feira (11), pelo comandante do 4ºBPM, tenente-coronel Dhiogo Cidral de Lima, que antecipou o uso de câmeras com reconhecimento facial também nos equipamentos individuais, usados pelos policiais militares no próprio uniforme.

    Além do auxílio tecnológico, o efetivo na Capital catarinense também ganhará reforço durante os 11 dias de operação. Além dos 300 militares que já pertencem ao 4º Batalhão de Polícia Militar (4ºBPM) — responsável pelo policiamento nas regiões do Centro e do Sul da Ilha de SC —, serão empregados outros 100 policiais das demais regiões do Estado e 30 PMs que trabalham com auxílio de cavalos ou cães.

    Entre as frentes de atuação da PM nesse período, as abordagens com utilização de bafômetro serão vistas com frequência na Capital. A recomendação para os dias de festa, segundo o comandante Cidral, é utilizar outros meios de transporte:

    — São 77 blocos que devem dispersar depois das 22h e a recomendação é utilizar os ônibus ou transporte de aplicativo, para não ocorrer problemas de mobilidade, nem com embriaguez. Haverá reforço no transporte coletivo nos horários de saída do Carnaval de rua, assim que terminar o evento, e essa é a nossa sugestão.

    Os maior número de militares será empregado no policiamento durante o sábado (22), quando ocorre o principal movimento de Carnaval de rua em Florianópolis. Durante todo o dia, os policiais estarão posicionados em plataformas de observação instaladas em áreas elevadas, próximo aos blocos, além de circularem entre o público e redobrar a atenção com as imagens das câmeras.

    Dicas de segurança

    Se algum problema ocorrer durante a festa, a PM orienta a procurar o efetivo mais próximo antes de acionar a corporação via telefone (190). Veja as dicas.

    — Carregar somente o essencial e evitar objetos de valor.

    — Levar apenas a quantia de dinheiro para a festa.

    — Guardar pertences em frente ao corpo, preferencialmente em locais com fecho.

    — Se optar pelo uso de bolsa, preferir transversais ao corpo e menores.

    — Se for vítima de assédio, procurar o policial mais próximo.

    — Em caso de tumulto, não tentar separar a briga, afastar-se do local e ficar próximo das laterais ou em locais com segurança ostensiva.

    — Não andar sozinho em locais menos movimentados.

    — Ficar atento aos esbarrões ou empurrões.

    — Identificar crianças com nome, endereço e telefone de contato.

    — Combinar pontos de referência com amigos ou crianças para facilitar os encontros.

    — Evitar beber em copo de desconhecidos.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas