publicidade

Sabor Catarina apresenta:

Carne suína é mais que lombo e costela: aprenda a preparar outros cortes

Conheça o churrasco de Panceta e a forma de preparo de uma das peças mais versáteis da carne suína

03/06/2019 - 10h14 - Atualizada em: 04/06/2019 - 11h16

Compartilhe

Estúdio
Por Estúdio NSC
Carne suína: ao todo, são vinte possíveis peças com diferentes preparos e receitas
Carne suína: ao todo, são vinte possíveis peças com diferentes preparos e receitas
(Foto: )

Há algum tempo o consumo de carne suína vem sendo desmistificado, reforçando os benefícios dessa proteína até mesmo para dietas restritivas e menos calóricas. Isso se deve, principalmente, à variedade de cortes: ao todo, são vinte possíveis peças com diferentes preparos e receitas. Sendo, em ordem alfabética, a Alcatra, Barriga, Bisteca, Carré, Costela, Coxão Duro, Coxão Mole, Filezinho, Joelho, Lagarto, Lombo, Orelha, Paleta, Papada, Patinho, Pé, Pernil, Picanha, Sobrepaleta, Suã.

Conheça o agro que alimenta o nosso Estado

Boa parte dessas peças é famosa em feijoadas completas, daquelas especiais de almoços em família. Mas é importante ressaltar que a carne suína não se resume a lombinho e costela e que alguns cortes protagonizam, inclusive, receitas elaboradas da alta gastronomia.

Em um restaurante sofisticado da Beira Mar Norte, em Florianópolis, por exemplo, a própria Panceta, ou barriga suína, é preparada de forma inusitada. A peça, considerada versátil por também ser preparada como torresmo ou bacon, ganha uma nova cara em um churrasco saboroso, combinada com molhos que ressaltam o sabor intenso da peça. Confira:

Sabor Catarina apresenta

Carne suína é mais que lombo e costela; aprenda a preparar outros cortes

Para a elaboração da Panceta, a peça foi preparada com um mix de temperos, o chimichurri, e cenoura ralada. Após ser embrulhada em papel celofane, a carne é assada por 3 horas. A finalização acontece na churrasqueira, dourando os dois lados do corte e servido acompanhado de molho de mostarda.

Da mesma forma é preparada a costelinha, que acompanha molho barbecue. O tempo de forno é responsável pela maciez da carne, que desmancha na ponta da faca. Entretanto, o tempero pode ser diversificado e cada corte recebe uma combinação única como nas dicas do cozinheiro André Vasconcelos, nessa entrevista para o portal Sabor Catarina.

Conteúdo patrocinado pelo Icasa e produzido pelo Estúdio NSC Branded Content

Deixe seu comentário:

publicidade