nsc

publicidade

Violência nas estradas

Carro na contramão causa morte na BR-101 em Joinville

Veículos bateram de frente em cima do viaduto do Nova Brasília

29/08/2014 - 07h03 - Atualizada em: 29/08/2014 - 12h36

Compartilhe

Por Redação NSC
Renault Clio andava na direção contrária rodovia, nas proximidades do km 42
Renault Clio andava na direção contrária rodovia, nas proximidades do km 42
(Foto: )

Cinco meses após a tragédia que causou a morte de três jovens, o trecho joinvilense volta a registrar mais um acidente em que um carro na contramão provoca morte na pista duplicada. Desta vez, a colisão aconteceu entre dois veículos na BR-101, em cima do viaduto do bairro Nova Brasília.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, um Renault Clio andava na direção contrária da rodovia, nas proximidades do km 42, em Joinville, quando bateu de frente com um Fiat Uno no sentido Sul. A colisão aconteceu por volta das 4h30 desta sexta-feira.

Carolina Lucena de Souza, 23 anos, era a motorista do Clio. Ao dirigir na contramão pelo viaduto, chocou-se com o carro de Roberto Stofelli, 31. Ele não resistiu ao impacto da batida e morreu no local.

As outras quatro pessoas que estavam com Roberto foram levadas ao Hospital Municipal São José com ferimentos leves. Israel Felipe Nunes Nunes Rosa de Oliveira, 17 anos e Willian Maicon de Faveri, 22 anos, receberam alta ainda pela manhã. Querino de Oliveira Vieira, 26 anos, e Diego Aparecido Werner, 22 anos, permanecem em observação e passam bem.

Já Carolina teve ferimentos leves e foi encaminhada ao Hospital Unimed. A motorista teria dito à PRF que não sabia que tinha entrado na BR-101.

De acordo com a polícia, a hipótese mais provável é que Carolina tenha utilizado a rua Américo Vespúcio, no Nova Brasília, para entrar na marginal no sentido Sul. Na marginal, é possível seguir alguns metros até a entrada de uma empresa. Neste ponto, a sinalização indica que é proibido seguir em frente.

A PRF ainda pretende ouvir os envolvidos para concluir o boletim de ocorrência e encaminhar o registro à Polícia Civil, que ficará responsável pela investigação do caso.

O trânsito ficou parado no local após o acidente, já que os carros ficaram sobre a faixa. O Uno chegou a ficar pendurado no viaduto. Filas chegaram a se estender por 4 quilômetros. Cerca de duas horas depois da colisão, as pistas foram liberadas.

O velório de Roberto Stofelli será realizado na paróquia São Domingos Sávio, no bairro Jardim Paraíso, a partir da tarde desta sexta-feira. O enterro está marcado para acontecer às 14 horas de sábado, no Cemitério Cubatão.

Ocupantes o Fiat Uno

Israel Felipe Nunes Rosa de Oliveira, 17 anos

Foi encaminhado ao Hospital São José, com ferimentos leves. Recebeu alta às 8h15.

Willian Maicon de Faveri, 22 anos

Foi encaminhado ao Hospital São José, com ferimentos leves. Recebeu alta às 11h30.

Querino de Oliveira Vieira, 26 anos

Foi encaminhado ao Hospital São José, com ferimentos leves. Encontra-se em sala de emergência. Estável e orientado, sob observação da equipe médica e de enfermagem.

Diego Aparecido Werner, 22 anos

Foi encaminhado ao Hospital São José, com ferimentos leves. Encontra-se em sala de emergência. Estável e orientado, sob observação da equipe médica e de enfermagem.

Roberto Stofelli, 31 anos

Motorista do veículo morreu no local.

Ocupante do Renault Clio

Carolina Lucena de Souza, 23 anos

Encaminhada ao Hospital da Unimed com ferimentos leves. Está em observação.

Vídeo: veja como ficaram os veículos após o acidente

Outro acidente com veículo na contramão deixou três mortos

Em março deste ano, outro acidente envolvendo um veículo na contramão resultou na morte de três jovens na BR-101 em Joinville. Dois carros bateram de frente, em alta velocidade, sobre a pista. Segundo a Polícia Rodoviária, um dos veículos andou por pelo menos cinco quilômetros na contramão até bater, no quilômetro 27,2.

Imagens mostram o Cobalt dirigido por Jackson Rodrigo Batista Porto, 25 anos, trafegando pela contramão da BR-101 no trecho entre o trevo da Univille e o de Pirabeiraba (clique aqui e assista ao vídeo). Exames apontaram álcool no sangue do motorista

Jean Carlos de Souza, 19 anos, e Tamíris Knaut Prociúncula, 24, estavam no Palio atingido pelo Cobalt e também morreram no acidente.

Deixe seu comentário:

publicidade