nsc
hora_de_sc

Advertência

Casan é multada em mais R$ 1,1 milhão por alagamentos na Lagoa da Conceição, em Florianópolis

Defesa e pagamento de três novas infrações devem ser feitos em 15 dias, a partir de notificação

12/02/2021 - 15h40 - Atualizada em: 12/02/2021 - 17h00

Compartilhe

Clarissa
Por Clarissa Battistella
Moradores ilhados pela água foram resgatados de bote,
Moradores ilhados pela água foram resgatados de bote,
(Foto: )

Além da multa de R$ 15 milhões aplicada à Casan pela prefeitura de Florianópolis pelos danos causados na Lagoa da Conceição após o rompimento de um depósito de água que alagou ruas, inundou casas e arrastou os carros na região, a concessionária vai ter que arcar com os custos de outras três advertências, no valor total de R$ 1,1 milhão, emitidas pela Agência Reguladora de Serviços Públicos de SC (Aresc). A Casan tem prazo de 15 dias para apresentar defesa e acertar o valor, a contar da data de notificação. 

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

Segundo a Aresc, a concessionária recebeu as três infrações no dia 5 de fevereiro e até esta sexta-feira (12) não havia se manifestado. Das três multas, duas custam R$ 500.000,00 cada, e a terceira de R$ 125.000,00. 

> Poluição causada por alagamento na Lagoa da Conceição é inquestionável, diz delegada

Nas justificativas, segundo descrito nas infrações, a agência reforça que a manutenção adequada das unidades que integram o abastecimento de água e esgotamento sanitário, é de responsabilidade da prestadora de serviços, e justifica que as multas foram aplicadas, entre os motivos, porque a concessionária deixou de "adotar medidas preventivas necessárias à proteção dos mananciais, entre as quais, a informação à Aresc e às autoridades competentes, de acordo com a natureza dos riscos constatados".

> Entenda o que causou a inundação de ruas e casas na Lagoa da Conceição em Florianópolis

A Casan foi procurada pela reportagem e informou que "as defesas ainda estão em fase de elaboração, havendo o prazo de 15 dias".

> Vídeo flagra inundação na Lagoa da Conceição, em Florianópolis

Relembre

No dia 25 de janeiro de 2021, uma lagoa de tratamento da Casan, com cinco milhões de litros de água, se rompeu e provocou alagamentos em mais de 30 casas na região da servidão Manoel Luiz Duarte, transversal da Avenida das Rendeiras, a principal rua da Lagoa da Conceição, em Florianópolis. Casas foram comprometidas e carros também ficaram debaixo d’água.

Moradores atingidos por alagamento na Lagoa da Conceição fazem reivindicações à Casan

Muitos moradores precisaram ser resgatados por bombeiros e deixaram suas casas. O caso é investigado pelo Ministério Público Federal, Polícia Civil e pela própria Casan, que conduz uma apuração interna. A Casan já foi multada e também ganhou prazo para depositar um adiantamento da indenização para os moradores atingidos. Agora, o assunto passa a ser discutido entre a companhia de água e a comissão de famílias atingidas.

Leia também

Famílias atingidas por rompimento de lagoa serão ressarcidas pela Casan

"Nenhum técnico previu o risco de rompimento", afirma engenheiro

Colunistas