A delegada responsável pelo caso da jovem que morreu após se relacionar com Dimas Cândido, jogador sub-20 do Corinthians, já está em posse do celular da menina. O pai de Lívia Matos, Rubens Chagas Matos, entregou, na última quinta-feira (8), o telefone dela para a polícia.

Continua depois da publicidade

Leia mais notícias do Esporte no NSC Total

Clique aqui para entrar na comunidade do NSC Total Esporte no WhatsApp

Relembre o caso aqui: o que se sabe sobre o caso da jovem que morreu após ter relações com jogador do Corinthians

Além do celular, Rubens Matos também levou o prontuário médico da jovem até a 5ª Delegacia da Mulher, na zona Leste de São Paulo. Segundo o UOL, quem confirmou a entrega foi o advogado da família, Alfredo Porcer.

Continua depois da publicidade

— Está sendo juntado um prontuário médico, que oficialmente não existia, nós não tínhamos a informação de que a lesão era de cinco centímetros. O que eu posso falar é que realmente está ali, hoje é oficial, uma lesão, uma laceração de cinco centímetros e a autoridade policial que vai analisar tudo isso — declarou.

Áudios revelam dificuldades no socorro à jovem que morreu após ter relações com jogador do Corinthians

Veja imagens de Dimas jogando pelo Corinthians

Na quarta-feira (7), o jogador do Corinthians prestou um novo depoimento sobre a morte da jovem de 19 anos. O depoimento durou quase oito horas, começando por volta das 10h30min e acabando depois das 18h.

Continua depois da publicidade

O jogador também entregou o celular para a delegada, segundo o seu advogado Tiago Lenoir. O aparelho foi devolvido logo depois do depoimento. O advogado reforçou que Dimas não está sendo investigado e está colaborando com as autoridades sempre que solicitado.

Veja troca de mensagens entre jovem que morreu após ter relações e jogador do Corinthians

Veja os estádios do Campeonato Catarinense recriados pelo ChatGPT

Assista também

*Pablo Brito é estagiário sob a supervisão de Diogo Maçaneiro

Destaques do NSC Total