publicidade

Esportes
Navegue por

Catarinense tenta quebrar próprio recorde de embaixadinhas

A partir desta sexta-feira Martinho Eduardo Origem busca ultrapassar mais de 26 horas com a posse de bola

25/04/2019 - 19h42

Compartilhe

Redação
Por Redação DC
Martinho Eduardo Origem tenta quebrar recorde de embaixadinhas
Martinho Eduardo Origem tenta quebrar recorde de embaixadinhas
(Foto: )

Martinho Eduardo Origem tenta quebrar o próprio recorde de embaixadinhas. Há dois anos ele passou 26 horas e um minuto com a posse de bola, feito que foi reconhecido pelo Guinness World Records pela quinta vez a ele. A partir das 13h desta sexta-feira, o desportista natural de Araranguá tenta ampliar a duração no Continente Shopping e quebrar novamente seu recorde.

Martinho treina para ter capacidade física e concentração para aguentar mais de um dia inteiro entre toques na bola. Ele quebrou seu próprio recorde nos anos de 2003, 2005, 2010, 2012 e 2017. E em 2019, o plano é superar a marca. O plano é simples: não deixar a bola cair de forma alguma. A estimativa é que ele toque a bola a cada dois segundos. Desta forma, em uma hora são mais de sete mil embaixadinhas. Se ele conseguir superar seu recorde serão mais de 187,2 mil embaixadinhas.

O primeiro recorde foi 2003, na cidade natal, com 19 horas e meia de embaixadinhas. De lá para cá, tem aumentado a duração. No período, inclusive, percorreu com a bola dominada os 750km entre Chuí, no Rio Grande do Sul, até Araranguá, em Santa Catarina.

O treinamento de Martinho é diário para manter um bom desempenho. Ele pratica corrida, faz academia para fortalecer a musculatura e realiza treinamento técnico e psicológico. Além disso, busca do apoio de empresas que queiram apostar em seu projeto.

— Toda a colaboração é bem-vinda. O objetivo e continuar divulgando Araranguá e o Estado — defende.

Aos 46 anos, Martinho dedicou a vida ao futebol. Quando jovem jogou em alguns times amadores. Hoje mantém a Escolinha de Iniciação Esportiva Ararinhas, um trabalho social em que realiza treinamentos com 70 alunos de categorias de base sub-13, 15 e 17, também em Araranguá.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação