nsc
    an

    publicidade

    Paralisação

    Centenas de pessoas participam da greve nacional em Joinville 

    Estimativa dos organizadores é que cerca de mil pessoas tenham participado do ato

    14/06/2019 - 12h50 - Atualizada em: 14/06/2019 - 15h36

    Compartilhe

    Redação
    Por Redação AN
    Estimativa dos organizadores é que cerca de mil pessoas tenham participado do ato
    Estimativa dos organizadores é que cerca de mil pessoas tenham participado do ato
    (Foto: )

    Centenas de pessoas aderiram a greve nacional contra políticas públicas propostas pelo governo federal em Joinville. A estimativa dos organizadores é que cerca de mil pessoas tenham participado do ato. Entre os itens em debate estão conscientização sobre a Reforma da Previdência e os cortes de verbas na educação.

    Segurando bandeiras com dizeres contra as medidas do governo, os manifestantes se concentraram na Praça da Bandeira, na região Central. Cerca mil pessoas participaram do ato na praça, dentre representantes de 30 sindicatos, movimentos estudantis e trabalhadores. Depois, os servidores municipais, que estavam em assembleia, se juntaram aos manifestantes e o grupo saiu em passeata pelo Centro da cidade.

    — Estamos realizando este ato de conscientização sobre as informações, e ainda de resistência contra a Reforma da Previdência, os cortes na educação, para assegurar o direito dos trabalhadores — explica Wanderlei Monteiro, representante do Sindicato dos Metalúrgicos.

    Confira quais serviços estão sem atendimento nesta sexta em Santa Catarina Ao longo da manhã, vários manifestantes se revezaram ao microfone para expor informações aos trabalhadores sobre a reforma. Conforme Monteiro, 30 sindicatos estiveram presentes no ato. Representantes de cidades vizinhas, como Jaraguá do Sul e Guaramirim também participaram.

    Diferente de outras cidades do Estado, como Blumenau e Florianópolis, a greve nacional não impactou em serviços públicos como o transporte coletivo ou o atendimento em hospitais.

    Deixe seu comentário:

    publicidade

    publicidade

    publicidade

    publicidade