publicidade

Saúde pública

Cerca de 500 animais são vacinados no Sul de SC após caso de raiva humana

Uma mulher de Gravatal morreu infectada pela doença, que não tem cura

09/05/2019 - 19h59 - Atualizada em: 09/05/2019 - 21h22

Compartilhe

Redação
Por Redação DC
Vacinação contra a raiva
Agentes da Dive-SC irão nas casas aplicar a vacina em animais domésticos
(Foto: )

Aproximadamente 500 animais, entre cães e gatos, foram imunizados contra a raiva nesta quinta-feira (9) em Gravatal, no Sul de Santa Catarina. A vacinação ocorreu devido à morte de uma mulher, infectada pela doença, no dia 4 de maio. Devido a esse caso, agentes da Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive) estão indo de casa em casa para aplicar a vacina em animais domésticos.

O trabalho nesta quinta começou no bairro Indaial. Os agentes devem visitar todos os imóveis em um raio de 5 quilômetros, a partir da casa em que a vítima morava. Além de Gravatal, bairros das cidades de Capivari de Baixo e Pescaria Brava também devem ser visitados. O trabalho deve seguir pelo menos até o fim da próxima semana.

O objetivo da imunização é evitar que a doença se espalhe pela região. A morte da mulher em Gravatal foi a primeira por raiva em 38 anos, em Santa Catarina. Entre os animais, o caso mais recente foi registrado em 2016.

Além do trabalho de vacinação, os técnicos estão percorrendo as ruas da região na busca de animais vivos ou mortos que possam ter contraído a doença.

A raiva atinge o sistema nervoso central e pode ser facilmente transmitida pelo contato com a saliva, seja em uma mordida ou até com lambidas. Além de humanos, cães e gatos, o vírus pode infectar outros animais domésticos como bois e cavalos e silvestres, tais como macacos e morcegos.

Pessoas que percebam algum comportamento estranho por parte dos animais domésticos estão sendo orientadas a buscar ajuda junto às secretarias municipais de saúde dos municípios onde vivem. Quem for vítima de alguma mordida de animal que possa estar com raiva também deve procurar ajuda em uma unidade de saúde para receber a vacina.

Deixe seu comentário:

publicidade