nsc
    dc

    Boa notícia

    Cesta básica tem o menor custo do ano em Chapecó 

    Redução foi de 5% motivado pelos produtos in natura

    17/10/2019 - 12h12

    Compartilhe

    Darci
    Por Darci Debona
    Oferta mais próxima acabou reduzindo preço da cebola
    Cebola teve queda de 29% no mês de outubro, em relação a setembro
    (Foto: )

    A cesta básica, composta de 13 itens, teve queda de 5% no mês de outubro, em relação a setembro, e chegou ao menor valor no ano, segundo levantamento do Curso de Ciências Econômicas da Unochapecó. O custo médio ficou em R$ 303,60, contra R$ 320,20 de setembro. É o menor custo desde outubro do ano passado, quando a cesta ficou em R$ 319,65.

    O cesto de 57 itens também teve uma redução, de R$ 1.378,49 em setembro para R$ 1.322,14 em outubro, o que representou uma queda de 4%.

    Os produtos que mais contribuíram para a queda foram os da categoria in natura. A cebola teve queda de 29%, a alface de 26%, a cenoura de 25%, o repolho de 24% e a banana de 19%.

    De acordo com distribuidores de hortifrutigranjeiros de Chapecó um dos motivos para essa redução é que com o fim do inverno e início da primavera há uma transição de safras e os produtos in natura são encontrados mais próximos. A cebola,por exemplo, que estava vinco de Minas Gerais, agora está vindo de São Paulo e, dentro de 15 dias, começa a safra catarinense.

    A oferta de alface também aumenta neste período pelo clima mais favorável.

    De acordo com a coordenadora do projeto e professora do Curso de Ciências Econômicas da Unochapecó, Bruna Furlanetto, além o clima o custo da cesta básica é influenciada por uma demanda mais moderada que também ajuda a segurar a inflação.

    Óleo de soja e farinha de milho tiveram aumento de 10% no período influenciados por uma valorização da soja e do milho no mercado internacional.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Economia

    Colunistas