nsc
    dc

    Decisão

    Chape enfrenta La Calera para manter sina na Sul-Americana

    Verdão nunca perdeu em casa pela competição e jamais caiu na primeira fase

    19/02/2019 - 06h00

    Compartilhe

    Darci
    Por Darci Debona
    Elenco do Verdão está pressionado para alcançar a vaga
    (Foto: )

    Apesar da desconfiança do torcedor com o desempenho da Chapecoense neste início da temporada, a equipe volta a campo nesta terça-feira, às 21h30min, para encarar o Unión La Calera, do Chile, pelo duelo de volta na primeira fase da Copa Sul-Americana. O Verdão tenta manter a tradição de nunca ter perdido pela competição em jogos na Arena Condá.

    Desde 2015 foram nove jogos, com cinco vitórias, entre elas uma de 2 a 1 sobre o River Plate e 3 a 0 sobre o Junior Barranquilla, e cinco empates, entre eles contra San Lorenzo e Independiente, ambos da Argentina. Difícil não lembrar das quatro defesas nos pênaltis de Danilo, uma das vítimas do acidente aéreo na Colômbia, em 2016. Jandrei também foi o responsável pela classificação à segunda fase, em 2017, diante do Defensa y Justicia.

    Em três participações – 2015, 2016 e 2017 – a Chapecoense jamais caiu na primeira fase. Foi até as oitavas há dois anos e, antes, até as quartas de final, em 2015, além de ter chegado na final em 2016, quando foi campeã após o Atlético Nacional abicar de disputar o título por causa da tragédia na Colômbia.

    Para manter a escrita e seguir na Sul-Americana, a Chape precisa vencer o La Calera. Isso porque, no jogo de ida os times ficaram no 0 a 0. Uma nova igualdade com gols classifica os chilenos, enquanto a repetição do placar leva a disputa aos pênaltis. Apesar da postura defensiva neste início de ano e também ter sido alvo de vaias no último sábado, no empate por 0 a 0 contra o Figueirense, o técnico Claudinei Oliveira quer manter as características da equipe.

    – Temos que vencer, mas enquanto não sofrer gols estaremos a um da classificação. Se tomarmos gol, vamos precisar fazer dois. Temos que ser mais agressivos na marcação, mas com margem de segurança boa – disse o treinador.

    A estratégia também é defendida pelo lateral-esquerdo Bruno Pacheco, um dos jogadores mais regulares do elenco.

    – É uma competição com regulamento totalmente diferente onde não pode falhar. Tem que saber que precisa do resultado mas sem loucura – falou o atleta.

    Claudinei fechou o treino da véspera, mas reconheceu que a tentativa de montar um losango no meio não funcionou. Com isso, os meias Diego Torres ou Yann Rolim pode ganhar chance na equipe. Outra mudança está prevista caso o zagueiro Rafael Pereira não se recupere da tendinite que acusou no intervalo contra o Figueirense. Joílson surge como alternativa. Sem treinar, Wellington Paulista é dúvida. Em seu lugar, Everaldo deve jogar ao lado de Lourency.

    FICHA TÉCNICA

    CHAPECOENSE X UNIÓN LA CALERA

    CHAPECOENSE

    João Ricardo; Eduardo, Rafael Pereira (Joílson), Douglas e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Tharlis, Elicarlos (Diego Torres ou Yann Rolim) e Renato; Everaldo e Lourency. Técnico: Claudinei Oliveira.

    UNIÓN LA CALERA

    Batalla; Leyton, Alvarado, Vilches e Figueroa; Laba, Manzo e Isnaldo; Walter Bou, Leiva e Larrondo. Técnico: Francisco Meneghini.

    ARBITRAGEM: José Argote, auxiliado por Luis Murillo e Alberto Ponte (trio da Venezuela).

    DATA E HORÁRIO: terça-feira, às 21h30min.

    LOCAL: Arena Condá, em Chapecó.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas