nsc

publicidade

Bom resultado

Chapecoense arranca empate no fim contra o Vasco

Verdão do Oeste saiu atrás no marcador mas empatou com Bruno Rangel

15/10/2015 - 21h26 - Atualizada em: 20/10/2015 - 23h05

Compartilhe

Por Redação NSC
(Foto: )

A Chapecoense conseguiu um empate por 1 a 1 com o Vasco, na noite desta quinta-feira, no Maracanã, e se manteve fora da zona de rebaixamento. Com o resultado o Verdão chega a 35 pontos,dois a mais que o Coritiba, primeiro na zona da degola. Além disso manteve a vantagem de sete pontos para o Vasco.

Guto Ferreira se diz satisfeito com empate

Roberto Alves: "Bom resultado da Chapecoense"

Rodrigo Faraco: "Resultado de dupla importância"

Leia mais sobre a Chapecoense

Confira a tabela da Série A

A Chapecoense começou o jogo com marcação forte e explorando os contra-ataques. Logo no início Maranhão fez boa jogada pela esquerda mas a zaga do Vasco conseguiu cortar o cruzamento.

A partir dos 10 minutos o time da casa começou a dominar o jogo e pressionar. Danilo teve que intervir para cortar um cruzamento na área e depois fez uma boa defesa em cabeçada de Herrera.

Depois dos 30 minutos a Chapecoense reequilibrou o jogo e até conseguiu um gol, que foi anulado pois Túlio de Melo estava impedido. No final do primeiro tempo a principal chance de gol. Ananias foi lançado dentro da área mas o goleiro Jordi saiu de forma arrojada e conseguiu fazer a defesa.

No início do segundo tempo o atacante Túlio de Melo teve outro gol anulado, pois a arbitragem entendeu que o atacante cometeu falta no lance.

Já na cobrança de escanteio do Vasco, o zagueiro Rodrigo pareceu também se apoiar nos zagueiro para fazer o gol, mas o lance foi validado. Antes disso Andrezinho ficou cara a cara com Danilo e chutou para fora. Danilo ainda fez uma defesa em chute de Bruno Gallo.

No final da partida a Chapecoense ainda conseguiu empatar de pênalti com Bruno Rangel. Foi o nono gol do atacante no Brasileirão.

O próximo jogo é contra o Grêmio, domingo, em Porto Alegre.

FICHA TÉCNICA

VASCO (1)

Jordi; Bruno Ferreira, Rodrigo, Luan, Julio Cesar; Julio dos Santos (Diguinho), Bruno Gallo, Andrezinho; Nenê, Leandrão (Riascos) e Herrera (Romarinho).

Técnico: Jorginho

CHAPECOENSE (1)

Danilo; Apodi, William Thiego, Neto, Dener; Elicarlos, Cleber Santana, Camilo; Ananias (Gil), Maranhão (Tiago Luís) e Túlio de Melo (Bruno Rangel).

Técnico: Guto Ferreira

Gol: Rodrigo (V), aos 27 do segundo tempo;Bruno Rangel, aos 40 minutos.

Arbitragem: Ricardo Marques Ribeiro, Guilherme Dias Camilo, Marcio Eustáquio Santiago (trio de MG)

Cartões amarelos: Herrera, Leandrão e Rodrigo (V), Camilo, Danilo, William Thiego e Neto (C)

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro

Público: 25.983

Renda: R$ 728.635

Deixe seu comentário:

publicidade