nsc
dc

publicidade

Em queda

Chapecoense cede empate contra o Bahia e situação fica delicada

Time catarinense caminha para o rebaixamento

07/11/2019 - 00h28

Compartilhe

Darci
Por Darci Debona
Chapecoense empatou com o Bahia por 1 a 1
Henrique Almeida (c) marcou o gol da Chapecoense no empate contra o Bahia
(Foto: )

A Chapecoense esteve próximo da vitória, saiu na frente mas cedeu o empate para o Bahia no final da partida, na noite desta quarta-feira, na Fonte Nova. Com o resultado as esperanças de não cair ficam ínfimas. Verdão foi a 22 pontos e está a 11 pontos de distância para o 16º colocado, que é o Ceará. Só que o time cearense ainda joga nesta quinta-feira, em casa, contra o Inter.

O Bahia começou pressionando e logo a um minuto assustou o time visitante, num cruzamento para a área que Fernandão mandou para fora. Logo depois Gregore levou perigo.

Mas quem chegou primeiro ao gol foi a Chapecoense. O ensaio foi em cobrança de escanteio que Everaldo cabeceou para defesa de Douglas. Mas numa cobrança de falta de Bruno Pacheco o time catarinense incrementou a jogada e chegou ao gol. A bola passou pela cabeça de Rafael Pereira e pela cabeça de Douglas até chegar na cabeça de Henrique Almeida, que mandou ela para o gol.

- É uma jogada treinada, a gente treina muito bola parada e felizmente saiu o gol – disse o atacante.

Com a desvantagem no placar o Bahia tentou pressionar mas não conseguiu muito espaço na defesa da Chapecoense. Uma das poucas chances foi com Élber, que invadiu a área e chutou forte, mas errou o alvo.

Ainda no primeiro tempo o zagueiro Rafael Pereira teve que ser substituído por Hiago após um choque com Fernandão, em que chegou a ficar desacordado por um momento. Ele ficou bem mas foi encaminhado para um hospital para avaliação.

No intervalo o atacante Henrique Almeida também teve que sair por dor no tendão de Aquiles.

Na volta do segundo tempo o Bahia pressionou em busca do empate. Em cobrança de falta de Gilberto, forte, no canto, João Ricardo saltou para seu lado esquerdo e mandou a bola para escanteio. O goleiro da Chapecoense voltou a fazer outra boa defesa em chute de fora da área de Marco Antônio.

A Chapecoense pouco foi ao ataque no segundo tempo mas Dalberto quase surpreendeu o goleiro Douglas, aos 28 minutos. O chute desviou na defesa e acabou saíndo.

O Bahia voltou a pressionar e João Ricardo saiu do gol para bloquear uma finalização de Guerra. A bola foi para escanteio e, na cobrança, sobrou para Marco Antônio, de fora da área, empatar a partida. Gilberto quase virou mas a bola foi na trave.

Renato ainda teve um cartão vermelho modificado para amarelo pelo VAR. Everaldo ainda perdeu uma chance de marcar o gol da vitória. O Bahia foi a 43 pontos e segue na briga pela Libertadores. Já a Chapecoense tem que vencer seus últimos sete jogos e ainda torcer para resultados paralelos.

Na próxima rodada o time catarinesne encara o Grêmio, no domingo, 19h, na Arena Condá.

FICHA TÉCNICA

Bahia- 1

Bahia: Douglas Friedrich, Moisés, Lucas Fonseca, Juninho e Nino Paraíba; Gregore (Guerra), Flávio e Marco Antônio; Élber (Gilberto), Artur e Fernandão (Arthur Caíke). Técnico: Roger.

Chapecoense - 1

João Ricardo, Renato, Douglas, Rafael Pereira (Hiago) e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Amaral e Vini Locatelli (Augusto); Roberto, Everaldo e Henrique Almeida (Dalberto). Técnico: Marquinhos Santos.

Gols: Henrique Almeida (C), aos 13 minutos do primeiro tempo. Marco Antônio (B), aos 39 minutos do segundo tempo.

Arbitragem: Vinícius Furlan, auxiliado por Marcelo Carvalho Van Gasse e Daniel Luís Marques. No VAR, Adriano de Miranda (quarteto de SP).

Cartões amarelos: Douglas, Renato e Roberto(C); Arthur Caíke (B).

Local: Fonte Nova, em Salvador-BA

Público: 17.85 pessoas

Renda: R$ 175.076,50

Deixe seu comentário:

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade