publicidade

Esportes
Navegue por

Retorno

Chapecoense faz ações para mobilizar torcida 

Clube promove show no sábado e promoção de ingressos no domingo

11/07/2019 - 18h30

Compartilhe

Darci
Por Darci Debona
Chapecoense 1x1 Athletico, na Arena Condá
Chapecoense quer apoio da torcida para melhorar desempenho na Arena Condá, onde fez apenas cinco dos 15 pontos disputados
(Foto: )

Ciente de que precisa do apoio da torcida para sair da zona de rebaixamento a direção da Chapecoense está com uma série de ações para reforçar a presença do público na Arena Condá. Primeiramente foi anunciada uma promoção de ingressos para o jogo de domingo, às 19h, contra o Atlético-MG.

O ingresso normal custa R$ 80 na Geral, R$ 100 nas cadeiras descobertas, R$ 120 nas cadeiras Laterais e R$ 150 nas cadeiras centrais. Mas o sócio pode adquirir ingresso pela metade do preço, exceto nas cadeiras centrais. São 2,5 mil ingressos disponíveis.

Além disso há promoção de ingressos para a Ala Sul, no valor de R$ 20. Os pontos de venda são Maidana Esportes, Posto de Marco, Palácio dos Esportes, Dávi Esportes, Padaria Santa Madre, Chapegás e Hiper Badotti (em Xanxerê). A bilheteria do estádio estará aberta na sexta-feira, das 9h às 18h, no sábado, das 9h às 12h e, no domingo, das 9h até o intervalo da partida.

No sábado o clube também programou um “esquenta” para a retomada do Brasileirão. A partir das 9h, em frente da sede do clube, haverá música ao vivo com pipoca, algodão doce, presença do mascote e arrecadação de roupas de inverno. A programação vai até às 12h.

O técnico Ney Franco praticamente já definiu o time que vai a campo com: Tiepo, Eduardo, Gum, Douglas e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Campanharo e Camilo; Arthur Gomes, Aylon e Everaldo.

Mesmo assim fez alguns testes como Augusto no lugar de Campanharo, Alan Ruschel no lugar de Aylon e Diego Torres no lugar de Camilo.

Em entrevista ao Jornal do Almoço desta quinta-feira o treinador falou que nessa intertemporada buscou aprimorar tanto a parte física, técnica e tática, mas também procurou usar todos os atletas, como no jogo treino contra o Operário-PR.

Ele também buscou adiantar um pouco a marcação para pressionar a saída de bola do adversário, principalmente nos jogos em casa.

-Temos que fazer valer o mando de campo pois com uma vitória a gente pode subir para uma 13ª, 14ª colocação, o que nos daria uma segurança maior e mais tranquilidade para o jogo contra o São Paulo – destacou.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação