nsc

publicidade

Nova derrota

Chapecoense perde em casa para o líder Flamengo

Equipe foi envolvida pelo time carioca e não conseguiu sair da lanterna

06/10/2019 - 12h57 - Atualizada em: 06/10/2019 - 17h21

Compartilhe

Darci
Por Darci Debona
Foi a 14ª derrota da Chape no campeonato
(Foto: )

Foi mais uma derrota por 1 a 0, para o Flamengo, a 14ª no Campeonato Brasileiro. Mas essa já era de certa forma esperada pelo torcedor da Chapecoense. Afinal, era o jogo do lanterna contra o líder da Série A. Apesar de toda a superioridade dos rubro-negros, o time catarinense até poderia ter somado um ponto pelo que fez no segundo tempo.

Na primeira etapa, o jogo foi de ataque contra defesa. Mesmo atuando em seu domínio, a Chapecoense não conseguiu finalizar na primeira etapa enquanto o adversário, mesmo desfalcado, teve dez finalizações.

A primeira foi a menos de um minuto, com Bruno Henrique, que recebeu um cruzamento de Reiner e mandou para fora. Em 15 minutos foram cinco finalizações. Até que, aos 18 minutos, Bruno Henrique acertou a trave, num chute de fora da área.

A Chapecoense não conseguia bloquear as jogadas do líder do campeonato. Até o zagueiro Pablo Marí se sentiu à vontade para finalizar de longe.

Tiepo teve que sair nos pés de Bruno Henrique para fazer uma defesa. Na sequência quase entregou o gol, para o mesmo Bruno Henrique, mas se recuperou e mandou a bola para escanteio.

Até que, aos 34 minutos, o Flamengo conseguiu colocar a bola na rede. Vitinho cruzou, a zaga não acompanhou Bruno Henrique que desviou de cabeça no canto esquerdo de Tiepo.

Na saída para o intervalo o meia Gustavo Campanharo reclamou da desatenção.

- Temos que ter intensidade. O time deles tem muita qualidade mas levamos o gol em uma desatenção nossa – destacou.

No segundo tempo o Flamengo não teve tanta intensidade. Teve uma chance logo no início, com Pablo Marí, mas depois a Chapecoense é quem foi ao ataque. E por pouco não chegou ao empate com Régis, que invadiu a área, cortou para o meio e bateu forte, um pouco acima do travessão. Em seguida foi a vez de Vini Locatelli, que entrou na segunda etapa, finalizar para a defesa de Diego Alves.

O Flamengo tentou pressionar novamente mas Tiepo defendeu chutes de Bruno Henrique e Everton Ribeiro. O meia ainda teve uma finalização na rede, pelo lado de fora. Os rubro-negros mandaram mais uma bola na trave embora tenha sido falta em Elicarlos.

A Chapecoense voltou a respirar num chute de fora da área de Everaldo, por cima do gol. O atacante também teve uma chance de cabeça, nas mãos de Diego Alves. Mas foi pouco. O time catarinense permanece na lanterna da competição, com 15 pontos. Tem somente 15 para tentar escapar do rebaixamento. O próximo confronto é fora de casa, na quarta-feira, contra o Fortaleza.

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE - 0

Tiepo, Bryan, Rafael Pereira, Douglas e Roberto; Márcio Araújo, Elicarlos e Campanharo (Vini Locatelli); Régis (Arthur Gomes), Renato Kayzer (Camilo) e Everaldo. Técnico: Marquinhos Santos.

FLAMENGO - 1

Diego Alves, Rafinha, Pablo Marí, Rodrigo Caio e Renê; Willian Arão, Gerson e Everton Ribeiro; Reinier (Berrío, depois Lucas Silva), Vitinho (Piris da Motta) e Bruno Henrique. Técnico: Jorge Jesus.

Gols: Bruno Henrique (F), aos 34 minutos do primeiro tempo.

Arbitragem: Vinícius Gonçalves Dias Araújo, auxiliado por Emerson Augusto de Carvalho e Danilo Ricardo Simon Manis. No VAR, Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (Quarteto de SP).

Cartões amarelos: Elicarlos (C)

Local: Arena Condá, em Chapecó

Público: 12.152

Renda: R$ 921.310,00

Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

Deixe seu comentário:

publicidade