nsc
dc

Está fora

Chapecoense perde para o Corinthians e é eliminada da Copa do Brasil

Time catarinense, que havia vencido jogo de ida por 1 a 0, levou 2 a 0 na Arena Corinthians e deu adeus à competição nacional

24/04/2019 - 22h27 - Atualizada em: 24/04/2019 - 22h45

Compartilhe

Darci
Por Darci Debona
Chapecoense foi eliminada da Copa do Brasil pelo Corinthians
Chapecoense levou 2 a 0 do Corinthians na noite de quarta-feira em São Paulo
(Foto: )

A Chapecoense perdeu por 2 a 0 para o Corinthians na noite desta quarta-feira (24), em São Paulo, e foi eliminada da Copa do Brasil na quarta fase da competição. No ano passado o Verdão também caiu diante dos corintianos nas quartas de final.

O time catarinense começou a partida tentando manter a vantagem adquirida no jogo de ida, quando venceu por 1 a 0 na Arena Condá.

No início da partida, o Verdão do Oeste jogou bem e teve três chutes de fora da área. O mais perigoso foi do atacante Régis, que havia marcado um gol de fora da área no empate por 1 a 1 contra o Avaí, na decisão do Catarinense.

Desta vez o atleta, que acabou ficando com o vice-campeonato estadual nos pênaltis, errou o alvo. Já o Corinthians, atual campeão paulista, foi mais eficiente. Em cruzamento de Ralf, Eduardo não alcançou a bola e o atacante Boselli dominou no peito e chutou rasteiro para marcar 1 a 0 para o time da casa.

Sornoza quase ampliou de falta, mas a bola deu na rede pelo lado de fora. Tiepo ainda teve que intervir duas vezes, uma em cabeceio de Pedro Henrique e outra saindo nos pés de Ramiro, que ficou livre dentro da área.

A Chapecoense teve duas boas oportunidades de empatar com Everaldo. Na primeira ele arriscou um chute de fora da área, que Cássio espalmou. Na segunda desviou cruzamento de cabeça, mas o goleiro do Corinthians novamente fez a defesa.

Na segunda etapa o time paulista voltou pressionando. Fagner fez boa jogada pela direita e chutou cruzado, a bola passou na frente do gol, mas ninguém chegou. Depois foi a vez de Ralf entrar livre dentro da área, mas a finalização foi para fora.

A pressão deu resultado aos 24 minutos, em nova jogada de Fagner, que sobrou para Mateus Vital chutar para dentro do gol, ampliando o placar para o time paulista.

Como o resultado eliminava a Chapecoense, o técnico Ney Franco tentou um lance ousado ao tirar o zagueiro Gum para colocar o atacante Vini Locatelli.

Mas quem teve chance de gol foi o Corinthians. Mateus Vital chutou de dentro da área para boa defesa de Tiepo. Na sequência, Vagner Love mandou para fora.

Nos minutos finais, a Chapecoense não teve forças para diminuir o placar e levar a decisão para os pênaltis. Uma das poucas oportunidades foi uma cobrança de falta em que Everaldo acertou a barreira.

Foi a segunda frustração na semana, somando a perda do título catarinense e a eliminação na Copa do Brasil.

Resta agora buscar a permanência na Serie A do Campeonato Brasileiro. A estreia é no sábado (27) contra o Inter, às 19h, na Arena Condá.

Ficha técnica

CORINTHIANS-2

Cássio, Fagner (Michel), Pedro Henrique, Manoel e Carlos Augusto; Ralf, Sornoza e Ramiro (Vagner Love); Clayson, Pedrinho (Mateus Vital) e Boselli. Técnico: Fábio Carille.

CHAPECOENSE-0

Tiepo, Eduardo, Gum (Vini Locatelli), Douglas e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Elicarlos (Amaral) e Gustavo Campanharo; Régis, Aylon (Bruno Silva) e Everaldo. Técnico: Ney Franco.

Gols: Boselli (CR), aos 15 minutos do primeiro tempo. Mateus Vital (CR), aos 24 minutos do segundo tempo.

Arbitragem: Daniel Nobre Bins, auxiliado por Elio Nepomuceno Andrade Júnio e Leirson Peng Martins (trio do RS)

Cartões amarelos: Fagner e Boselli (CR); Eduardo e Amaral (CH)

Local: Arena Corinthians, em São Paulo.

Público: 33.582

Renda: R$ 1.269.891,50

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Esportes

Colunistas